PUBLICIDADE
Topo

Bruno Méndez será o 8º uruguaio a defender o Corinthians

20/02/2019 21h18

Rincón, Gamarra, Tévez, Mascherano, Guerrero... A história do Corinthians com jogadores estrangeiros é antiga e, muitas vezes, vitoriosa. Para esta temporada, mais uma vez o clube parece apostar na mistura sul-americana para triunfar. Após acertar com o equatoriano Sornoza e o argentino Boselli, o Alvinegro confirmou a contratação do zagueiro uruguaio Bruno Méndez.

O histórico com atletas nascidos no Uruguai também é expressivo, sendo Méndez o oitavo da nacionalidade a vestir a camisa do clube. Apenas a Argentina, com onze, cedeu mais jogadores para a equipe paulista. Relembre os uruguaios que defenderam o Corinthians:

- ARMANDO GRAHAM BELL

Homônimo do famoso cientista e inventor, Armando Graham Bell foi o primeiro uruguaio a vestir a camisa do Corinthians em toda a história. Em 1943, após passar por Internacional e Botafogo, o zagueiro passou a defender o clube paulista, disputando 10 jogos e não marcando nenhum gol.

Após encerrar a carreira como jogador, Graham Bell se tornou treinador de futebol, mas com pouco sucesso. Entre os times que dirigiu está o Uberaba, de Minas Gerais, por onde passou nos anos 50.

- TABORDA

O primeiro uruguaio a ter uma passagem mais significativa pelo Corinthians foi Martín Taborda. Contratado junto ao Nacional, do Uruguai, chegou ao clube em 1978 e se sagrou campeão paulista no ano seguinte.

O zagueiro defendeu o Timão até 1982, quando se transferiu em definitivo para a Portuguesa. Posteriormente, Taborda atuaria também pelo Coritiba, antes de encerrar a carreira.

- DANIEL GONZÁLEZ

Mais jogador revelado pelo Nacional, do Uruguai, Daniel González passou pelo Cerro Porteño, do Paraguai, e pelo Fenix, também uruguaio, antes de chegar ao futebol brasileiro em 1978. Foram quatro temporadas vestindo a camisa da Portuguesa antes de se transferir para o Corinthians, em 82, quando se sagrou campeão paulista.

Negociado com o Vasco em 84, González, infelizmente, teria sua carreira encerrada em um trágico acidente de carro que o vitimou, em 85, quando atuava pelo clube carioca. Com 72 jogos, foi o uruguaio que mais vezes atuou no Alvinegro Paulista.

- HUGO DE LEÓN

Ídolo do Grêmio, campeão brasileiro em 81 e da Libertadores e do Mundial em 83 pelo Tricolor Gaúcho, Hugo De León chegou ao Corinthians em 84 como um dos maiores zagueiros do Brasil na época. Sua passagem, no entanto, seria curta, disputando apenas 51 jogos pelo clube paulista.

De León defenderia na sequência o Santos e, já nos anos 90, o Botafogo. Como treinador, comandou o Ituano, o Fluminense e o Grêmio, em 2005, sua última equipe no cargo.

- SANTIAGO SILVA

Um dos atacantes mais rodados e experientes do mercado sul-americano, atualmente defendendo o Gimnasia, da Argentina, Santiago Silva teve sua primeira experiência fora do Uruguai quando foi contratado pelo Corinthians, em 2002, com apenas 22 anos.

Sua passagem, no entanto, foi discreta, disputando apenas cinco jogos e não marcando nenhum gol.

- ACOSTA

Revelado pelo Danubio e com passagem pelo Peñarol, Beto Acosta chegou ao futebol brasileiro em 2007, para defender o Náutico. E foi bem, terminando o Brasileirão daquele ano como vice-artilheiro da competição com 19 gols marcados - Josiel, do Paraná, com 20, foi o principal goleador.

Destaque do clube pernambucano, o atacante acabou se transferindo para o Corinthians no ano seguinte, porém, sem o mesmo sucesso. Com altos e baixos, disputou 39 partidas e balançou as redes nove vezes.

- LODEIRO

Último uruguaio a atuar pelo Corinthians, Lodeiro teve passagem apagada pelo clube. Após três bons anos vestindo a camisa do Botafogo, o meia se transferiu para o Corinthians, em 2014, mas logo foi embora. Foram apenas seis meses no Timão, sendo negociado em seguida com o Boca Juniors, da Argentina.

Aos 29 anos de idade, Lodeiro joga atualmente pelo Seattle Sounders, dos Estados Unidos.

Esporte