Topo

Após 4 anos de ausência, Federer decide disputar Masters 1.000 de Madri

2019-02-20T15:48:00

20/02/2019 15h48

Madrid, 20 fev (EFE).- O suíço Roger Federer disputará a edição deste ano do Masters 1.000 de Madri, confirmou a organização do torneio nesta quarta-feira.

O torneio, que será realizado entre os dias 3 a 12 de maio na Caja Mágica, não contava com a participação de Federer desde 2015, quando o ex-número 1 do mundo caiu na segunda rodada para o australiano Nick Kyrgios.

Federer, de 37 anos, é o segundo jogador mais vencedor da história do Masters 1.000 de Madri, com três títulos. O suíço só perde para o espanhol Rafael Nadal, que tem cinco. Os dois se enfrentaram duas vezes em finais, com um triunfo para cada.

O presidente de honra do torneio, Manolo Santa, primeiro espanhol a conquistar Wimbledon, comemorou a presença de Federer, que, para ele, segue jogando com uma "classe inconfundível" aos 37 anos.

Santa também incentivou os torcedores a assistirem o torneio, afirmando que esta é uma chance única de ver Federer em ação. EFE

Mais Esporte