Topo

Acusado de atirar em Cabañas é condenado a 20 anos de prisão no México

Mike Hewitt/Getty Images
Salvador Cabañas levou um tiro no cabeça em um bar Imagem: Mike Hewitt/Getty Images
do UOL

2019-02-20T12:48:25

20/02/2019 12h48

No dia 25 de janeiro de 2010, o ex-jogador paraguaio Salvador Cabañas levou um tiro na cabeça enquanto estava em uma discoteca no México. Após pouco mais de nove anos, o caso ganhou um novo capítulo. 

O acusado de atirar contra Cabañas, José Jorge Garza, foi condenado a 20 anos de prisão. Ele foi julgado e condenado pelo juiz titular dos Distritos de Processos Penais Federais do México, na última segunda-feira (18). 

Leia também:

Mesmo após ter sofrido um tiro na cabeça, o atacante paraguaio tentou retomar a sua carreira a partir de 2013. Passou pelo 12 de Octubre e General Caballero, ambas equipes paraguaias e pelo Tanabi, equipe do interior de São Paulo, todas as passagens sem gols. Atualmente, ainda com a bala alojada em sua cabeça, Cabañas gerencia um complexo esportivo no Paraguai.

Pela seleção paraguaia, Cabañas atuou em 44 partidas e marcou 10 gols.

Mais Esporte