PUBLICIDADE
Topo

Sornoza ainda não se vê 100% adaptado no Timão e elogia Gustagol

19/02/2019 15h18

O equatoriano Junior Sornoza ainda não se vê 100% adaptado no Corinthians e promete melhorar com o decorrer da temporada. Mesmo assim, está em parte satisfeito primeiro pelos elogios que tem recebido do técnico Fábio Carille e depois pelas assistências dadas aos Companheiros: em seis jogos oficiais, são quatro passes para gol, três deles para Gustagol.

- É bom para mim e também para o Jadson e todos os batedores jogar com o Gustavo. É mais fácil porque a gente já sabe onde colocar a bola, sabemos onde ele vai atacar a bola. Além dele, ainda temos o Henrique e o Manoel para cabecear, estamos buscando encaixar o time - disse o meia de 25 anos, durante entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, e seguiu:

- Ainda não estou 100% adaptado, mas estou procurando sempre dar o meu melhor. O professor (Fábio Carille) está contente com o meu trabalho, mas falta para eu chegar no nível que quero atingir no Corinthians. Estamos conhecendo os companheiros, falta pouca coisa para encaixar. Vamos entrosando o mais rápido possível e procurando fazer nosso melhor.

Foram três assistências para Gustavo (contra Guarani, Ferroviário e Racing) e outra para Manoel, no clássico contra o São Paulo. São seis jogos disputados por Sornoza no ano.

Na última partida, o Corinthians venceu o São Paulo, pelo Campeonato Paulista. Agora, o desafio é encarar o Avenida, do Rio Grande do Sul, pela segunda fase da Copa do Brasil. Se já venceu o Tricolor e o Palmeiras em 2019, o Timão tem tido dificuldades contra os times menores. Sornoza tentou explicar o motivo, mas não conseguiu:

- É difícil explicar. Entramos concentrados para fazer o melhor, mas futebol pode acontecer qualquer coisa. Procuramos melhorar a cada jogo. É complicado contra os times pequenos. Quem não quer jogar bem contra o Corinthians? Temos que aumentar a concentração. Correr um pouco mais para manter o respeito pelo nosso trabalho e pelo adversário - afirmou, e completou:

- Vamos tentar propor o jogo e abrir o placar logo nos primeiros minutos. Mata-mata é um pouco diferente, mas tenho certeza que todo o time vai se esforçar para fazer o melhor possível para se classificar.

O Corinthians entra em campo nesta quarta-feira, para enfrentar o Avenida, na Arena, em Itaquera, às 21h30.

Esporte