Topo

Primeiro a entrar no Maracanã vive maratona de celebridade: "Emocionante"

Reprodução/Premiere
Claudio Gonçalves, torcedor do Vasco que viralizou no Maracanã, com seu filho André à esquerda Imagem: Reprodução/Premiere
do UOL

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

2019-02-18T18:17:17

18/02/2019 18h17

Claudio e André Gonçalves são as duas novas celebridades instantâneas do futebol brasileiro. Pai e filho de 47 e 14 anos foram os primeiros torcedores a entrarem no Maracanã ontem, durante a polêmica final da Taça Guanabara entre Vasco e Fluminense, já aos 30 minutos do primeiro tempo.

Leia Mais:

O pai virou meme: ele jogou todo o conteúdo de uma garrafa d'água na cabeça logo que apareceu na arquibancada - o que não sabia é que as câmeras de TV estavam focadas nele justamente naquela hora. O resultado não podia ser diferente: a imagem de Claudio rapidamente viralizou nas redes sociais. Tanto é que no próprio estádio a dupla já foi abordada por torcedores, tirou fotos e sentiu o gostinho da fama.

"Foi emocionante", resume Claudio, no dia seguinte ao seu momento de estrela. O torcedor do Vasco atendeu ao UOL Esporte em meio a uma maratona de compromissos que os 15 minutos de fama renderam, como entrevistas, participações em programas de rádio e badalação nas ruas do Rio de Janeiro. 

Reprodução/Instagram
Claudio Gonçalves tem 47 anos e trabalha na Marinha; seu filho André tem 14 Imagem: Reprodução/Instagram

Ontem, ele saiu de casa por volta de 12h, em Sepetiba, e foi para a Ilha do Governador ao lado do filho André, também torcedor vascaíno. Eles aguardavam notícias sobre a abertura dos portões do Maracanã e só às 15h foram para o estádio. No Setor Sul, enfrentaram os mesmos problemas que fizeram 29 torcedores serem atendidos por equipe médica e dois hospitalizados nos arredores do estádio: a Polícia usou bombas de efeito moral, gás lacrimogêneo e balas de borracha para conter uma confusão causada pela guerra de bastidores envolvendo os clubes.

"Foi uma história de superação. Na hora da confusão eu e meu filho corremos, mas veio o cheiro forte de gás de pimenta, vimos a fumaça branca e continuamos correndo. Nós quase desistimos, foi um período nervoso, tenso que passamos, mas graças a Deus deu tudo certo. Aí, de repente, fomos os primeiros a entrar no estádio e isso foi muito bonito. Quando entrei foi uma sensação maravilhosa e joguei a água para acalmar os ânimos mesmo, da demora que tivemos para entrar no estádio. Estava demorando muito, e eu estava suado e cansado de esperar, aí tive aquela reação no calor da emoção", conta o torcedor, que viu a fama chegar quase simultaneamente à sua entrada no estádio.

"Não imaginei que seria visto, mas quando entrei no estádio com meu filho, ele disse que éramos os primeiros. Aí por isso eu entrei gritando "Vasco" e jogando a água para o alto e na minha cabeça. Foi quando realmente todas as câmeras viraram para mim e até a Rádio Globo me chamou ao vivo e já comecei a conversar (risos). Já hoje eu não parei de dar entrevista, responder solicitação nas redes sociais e conversar com as pessoas. É bom, eu estou gostando", brincou o oficial da Marinha, que agora também é meme.

Mais Esporte