PUBLICIDADE
Topo

Carille vê evolução, mas admite falhas na defesa do Corinthians

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Imagem: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

18/02/2019 00h32

Apesar da vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre o São Paulo, o técnico Fábio Carille reconheceu os problemas defensivos do time alvinegro neste início de temporada. Mas, é necessário salientar, que o comandante afirmou foi taxativo: o time vai melhorar na temporada.

Leia também
Corinthians "recria" capa da Placar e coloca Gustagol como maior pós-Pelé
Corinthians posta talheres e recria "Boi do Piauí" para ironizar São Paulo

"Precisamos parar de tomar gol, mas a gente vê o quanto falam dos gols tomados, mas não falam do que estamos tirando. Tenho trabalhado demais isso e daqui a pouco vamos sofrer menos com a bola parada", comentou o treinador em entrevista coletiva após a partida.

Até aqui, o Corinthians tomou dez gols em nove jogos na temporada, mas o treinador segue confiante de que dias melhores virão. Quase todos de cabeça, assim como foi o de Pablo, do São Paulo. Carille afirmou que o time já encontrou sua forma de jogar, o que amenizará o número de bolas nas redes de Cássio. Agora, de acordo com o treinador, resta ganhar entrosamento e escolher os titulares.

"A formação sim (já está definida). Vou soltar mais esse time, independentemente de quem jogar, Richard, Junior, Ramiro, Sornoza... enfim, quem jogar do lado do primeiro, no caso de hoje o Ralf, quero soltar mais. A forma de jogar, sim. O time ideal, não", finalizou Carille, que viu o time voltar a vencer após três partidas (Ferroviário, Novorizontino e Racing).

Esporte