PUBLICIDADE
Topo

Vasco assume risco, e final contra Fluminense terá portões abertos

17/02/2019 14h52

A questão da torcida na final da Taça Guanabara, que será realizada nesse domingo, no Maracanã, ganhou mais um capítulo. Após uma decisão judicial que impede que a partida entre Vasco e Fluminense tenha torcida, o LANCE! apurou que, se o Cruz-Maltino vai assumir o risco processual da multa, avaliada em 500 mil reais, e vai liberar a entrada dos torcedores.

A decisão foi tomada após uma reunião entre Alexandre Campello, presidente do Vasco, Pedro Abad, presidente do Fluminense, e o BEPE, que estava reunido desde o começo da tarde deste domingo discutindo a realização da partida, que apresentou soluções de logística para viabilizar a realização da partida.

Dessa maneira, o Cruz-Maltino assume o risco de multa, como está previsto no processo. Se o Vasco recorrer e vencer na Justiça, não pagará a multa de 500 mil reais. Se perder, arcará com a multa. No Maracanã, os portões já foram abertos para a entrada dos torcedores e a partida está mantida para às 17h.

Esporte