PUBLICIDADE
Topo

São Paulo deixa de arrecadar milhões com queda precoce na Libertadores

15/02/2019 09h40

A eliminação do São Paulo na Copa Libertadores causará um prejuízo grande no orçamento do clube do Morumbi para esta temporada. Além da perda técnica de confiança do elenco e da credibilidade junto aos seus torcedores, o Tricolor deixará de arrecadar milhões de reais por conta de seu fracasso precoce no torneio continental.

Embora não seja possível chegar a um número exato, há alguns dados que podem ser levados em conta para uma estimativa. Caso passasse para a terceira fase da Copa Libertadores, o São Paulo embolsaria pouco mais de R$ 2 milhões de premiação.

Em um cenário hipotético onde o Tricolor chegasse na fase de grupos, a Conmebol pagaria mais R$ 11 milhões ao clube do Morumbi. Isso, claro, sem contar a possibilidade do time, agora dirigido interinamente por Vagner Mancini, avançar na competição e disputar as fases eliminatórias (veja abaixo a premiação paga por cada etapa da Libertadores).

Fora o dinheiro que não será arrecadado por mérito esportivo, o São Paulo também poderia atingir bons lucros com a arrecadação de bilheteria. Apenas no jogo contra o Talleres, por exemplo, o clube do Morumbi teve uma renda líquida de R$ 2.463.434,21.

Além dessas receitas, há verbas de contrato de televisão, patrocínios, exposição de marca e engajamento da torcida que poderiam entrar nos cofres do clube. O fracasso na Libertadores, além de ser um vexame para uma das equipes mais respeitadas do futebol sul-americano, afeta o orçamento tricolor.

Veja o quanto o São Paulo poderia arrecadar com a Libertadores*:

Terceira fase - R$ 2.073.000,00

Fase de grupos - R$ 11.310.000,00

Oitavas de final - R$ 3.958.500,00

Quartas de final - R$ 4.524.000,00

Semifinal - R$ 6.597.500,00

Vice-campeão - R$ 22.620.000,00

Campeão - R$ 45.240.000,00

*valores convertidos na cotação do dia 14/2

Esporte