PUBLICIDADE
Topo

Valentim destaca evolução da defesa: 'Estamos no caminho certo'

14/02/2019 00h27

A atuação do Vasco passou confiança à torcida nesta quarta-feira. Em vitória tranquila sobre o Resende por 3 a 0, que culminou na classificação para a decisão da Taça Guanabara, o treinador Alberto Valentim também parabenizou o time pelo desempenho, especialmente, o setor defensivo. Mas ainda relata crescimento em campo.

"Precisamos melhor em todos os sentidos, mas nosso sistema defensivo já vem evoluindo. Estamos no caminho certo e existe essa cobrança. Estamos no começo do ano, com seis partidas", disse o treinador.

Com o resultado, a equipe comemorou a ida para próxima fase da competição. Deste modo, a equipe aguarda Flamengo ou Fluminense, que se enfrentam nesta quinta-feira, às 20h30, no Maracanã. Valentim não deixou claro a opção por quem prefere encarar na decisão.

"Não teria um adversário ara escolher. Se fosse um treinador que tivesse mais tempo, eu preferiria o de menos tempo. Vamos começar a pensar a amanhã e assistir o jogo para analisar para a decisão", afirmou.

Vale lembrar, que o Vasco tem seis jogos e seis vitórias. Ou seja, a equipe está 100% na competição.

Outros trechos da coletiva:

Resende

"Fiz elogio ao Resende, pois eles vinham jogando muito bem. Começou propondo o jogo e se nós não estivéssemos atentos eles poderiam ter nos surpreendido. Também conseguimos jogar e vencer essa partida".

Crescimento

"O Vasco é um time grande e vai ter jogador que vai me dar uma dor de cabeça para jogar. É bom isso porque lá na frente terei tranquilidade em rodar sem fazer que a qualidade caia".

Meninos do Ninho

Homenagem maravilhosa que a diretoria fez. Sabemos da rivalidade desses clubes, mas precisamos esquecer isso pela tragédia da semana passada. Andrey perdeu a avó que foi enterrada hoje e ele retornou para a concentração. Muito bacana da parte dele"

Lucas Mineiro

"Jogador de muita qualidade e chegou procurando fazer o que o time precisava. Ele tem qualidade de achar um companheiro como foi o caso da jogada do Cáceres".

Esporte