PUBLICIDADE
Topo

São Paulo iguala Corinthians e Chape ao fracassar na Copa Libertadores

14/02/2019 15h33

O São Paulo é o terceiro clube brasileiro a ser eliminado da Copa Libertadores antes mesmo do início da fase de grupos. Desclassificado em pleno Morumbi pelo Talleres, da Argentina, o Tricolor se junta a Corinthians, despachado pelo Tolima, em 2011, e Chapecoense, eliminada pelo Nacional-URU no ano passado.

Depois de ter perdido em Córdoba, por 2 a 0, o São Paulo do técnico André Jardine não conseguiu pressionar a equipe adversária e ficou no empate sem gols no Morumbi. Tricampeão da Copa Libertadores, o Tricolor deu vexame ao ser eliminado sem ter feito nem um gol sequer no torneio continental.

Embora o momento seja péssimo, há o que aprender com a desclassificação para os argentinos. Em 2011, o Corinthians do técnico Tite passou por algo muito semelhante. O Alvinegro encarou o até então desconhecido Tolima, empatou no Pacaembu, e perdeu na Colômbia. O clube se reestruturou e ganhou o Brasileirão na mesma temporada.

No ano seguinte, o melhor da história do rival tricolor, ganhou a Copa Libertadores de forma invicta e, no fim do ano, bateu no Chelsea, no Japão, e foi campeão mundial. O técnico Tite, após alguns anos, acabou na Seleção Brasileira e o Corinthians se estruturou.

Na Chapecoense, clube com ambições mais modestas do que os grandes paulistas, o trabalho também não pode ser menosprezado. Mesmo lidando com dificuldades financeiras, a equipe de Santa Catarina se manteve na Série A do Campeonato Brasileiro e ainda conquistou uma vaga para a Copa Sul-Americana deste ano.

Esporte