PUBLICIDADE
Topo

Conselho do clube aprova e Fortaleza passa a remunerar seus dirigentes

14/02/2019 12h24

Neste mês, 16 dirigentes do Fortaleza Esporte Clube, incluindo o presidente e os dois vices, passam a receber salário pelos serviços prestados ao Tricolor do Pici. Aprovada por unanimidade pelo Conselho Deliberativo no fim de 2018, a medida entrou em vigor em janeiro deste ano.

A partir de agora, serão divididos R$ 98 mil mensais entre os 16 diretores, o que totaliza cerca de R$ 1,2 milhão por ano. Cada cargo terá o seu respectivo valor, levando em conta a ordem de importância e atividades, e que, com exceção do presidente e dos vices, os demais profissionais podem ser demitidos a qualquer momento.

Para Marcelo Paz, presidente do clube, a iniciativa é resultado de uma gestão cada vez mais profissional no Fortaleza.

- Espero que seja um passo permanente na profissionalização. Acho justo remunerar os dirigentes que usam em prol do Fortaleza seu conhecimento técnico em momentos que poderiam estar desenvolvendo outras atividades.

De acordo com ele, a medida traz outros benefícios para o Fortaleza.

- Todos esses fatores fazem com que o clube tenha uma gestão mais profissional, algo que trará como consequência novas receita e viabilizará outras possibilidades. Logo, percebemos que não há nada mais justo do que remunerar essas pessoas.

Relação dos cargos remunerados no Fortaleza:

Presidente

1º Vice Presidente

2º Vice Presidente

Diretor Administrativo

Diretor Financeiro

Diretor Jurídico

Diretor Patrimônio

Diretor de Planejamento

Diretor Comercial

Diretor de Futebol

Diretor de Esportes Amadores

Diretor de Serviços Médicos

Diretor de Relações Públicas e Publicidade

Diretor de Marketing

Representante na Federação Cearense

Ouvidor

Esporte