PUBLICIDADE
Topo

Botafogo conquista terceira vitória consecutiva e enxerga crescimento

14/02/2019 07h00

Após um começo de temporada ruim, ficando de fora das semifinais da Taça Guanabara, o Botafogo parece ter reencontrado o caminho da luz. A vitória sobre o Campinense por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Estádio Amigão, indicou o terceiro triunfo consecutivo do clube de General Severiano e a classificação na Copa do Brasil. Na próxima fase, o adversário será o Cuiabá.

A vitória, com gols de Rodrigo Pimpão e Alex Santana, representa a evolução do Alvinegro na atual temporada. Após uma dura partida contra o Defensa y Justicia, um dos clubes em evidência na América do Sul, a equipe comandada por Zé Ricardo não mostrou dificuldades contra um adversário tecnicamente inferior e poderia ter saído de Campina Grande com um placar ainda maior, visto que desperdiçou, pelo menos, duas chances claras.

O Botafogo dominou as ações do jogo e, excluindo os últimos dez minutos do primeiro tempo, não deu chances para o Campinense surpreender. De praxe, a equipe marcou com duas linhas de quatro jogadores e construiu algumas jogadas por meio de contra-ataques, já que o adversário, quando estava em seu campo ofensivo, deixava espaços na defesa. O Alvinegro, porém, não aproveitou nenhuma dessas oportunidades.

Nesse sentido dos contra-ataques, Alex Santana se mostrou importante de novo. Não apenas pelo primeiro gol com a camisa do Botafogo, o volante foi o 'coração' da equipe, já que ajudava na marcação e, ao mesmo tempo, era um dos responsáveis por levar a bola ao campo ofensivo. Um verdadeiro jogador de "área a área".

Defensivamente, o Botafogo se destacou. A dupla formada por Joel Carli e Gabriel mostrou, mais uma vez, que pode render frutos - a cada partida, os dois se mostram ainda mais entrosados. Em Campina Grande, o defensor ex-Galo foi um dos destaques, com uma assistência, nove cortes pelo alto e 93% de precisão nos passes que tentou. O argentino, por sua vez, contribuiu com oito intervenções defensivas; o jovem Jonathan foi outro atleta com brilho.

O Botafogo criou as melhores oportunidades explorando os espaços que o Campinense deixava em seu campo. Em uma dessas oportunidades, Erik avançou sem marcação e encontrou Alex Santana, que acertou um chute para fazer o gol. A velocidade dos jogadores de frente pode ser algo interessante para Zé Ricardo explorar nas próximas semanas.

A evolução é notável. O Botafogo, aos poucos, constrói um padrão de jogo - e, apesar de Zé Ricardo ainda parecer estar com dúvidas sobre algumas posições, isso é animador. No primeiro momento de 'decisões' da temporada, o clube de General Severiano deu respostas positivas.

Esporte