PUBLICIDADE
Topo

Arão se diz emocionado por pedido de famílias de vítimas do incêndio no Fla

Arão vai prestar homenagem no Fla-Flu - Luis Acosta/AFP
Arão vai prestar homenagem no Fla-Flu Imagem: Luis Acosta/AFP

13/02/2019 11h04

A pedido das famílias de Jorge Eduardo e Rykelmo, duas das 10 vítimas fatais do incêndio no Ninho do Urubu, o volante Willian Arão, do Flamengo, vai homenageá-los no clássico desta quinta-feira, com o Fluminense, válido pela semifinal da Taça Guanabara. O jogador vai usar o nome dos jovens às costas.

A tragédia aconteceu na última sexta-feira, quando o alojamento das categorias de base pegou fogo no começo da manhã. Além dos 10 mortos, três jogadores foram hospitalizados.

"Eu me senti muito honrado, emocionado. Me sinto honrado e emocionado que, de algum modo, tive uma influência positiva na vida desses garotos. Mesmo sendo falho, cometendo erros, ele se viam em mim. Isso, para mim, é muito emocionado. Para mim, é muito forte. Não vou levar eles apenas nas minhas costas, vou levar para minha vida. Isso está marcado para sempre ", disse.

Arão ressaltou que o elenco do Flamengo vem procurando se ajudar para conseguir seguir em frente e conquistar os resultados positivos nesta temporada.

"Não temos uma fórmula mágica, algo que possa fazer que vai fazer a gente esquecer em um estalar de dedos. Vamos superar a cada dia, honrando esses meninos. Não acredito que a dor vá sumir, mas, com o tempo, vamos tentando encontrar forças para seguir em frente. É seguir e um se escorar no outro. Nos escorarmos para que possamos nos ajudar", afirmou.

Esporte