Topo

Lesão nas costas afasta Cormier do UFC: "Tenho que tirar um tempo"

Ag. Fight

12/02/2019 16h25

Daniel Cormier projetava se aposentar do UFC em 2019, com 40 anos, mas uma lesão nas costas pode adiar os seus planos. Em entrevista ao site 'MMA Weekly', o campeão dos pesos-pesados revelou que se lesionou durante o duelo contra Derrick Lewis, em novembro. Deste modo, o americano agora pretende tirar um tempo para se recuperar por completo, antes de projetar novos desafios no Ultimate.

Cormier atribui a necessidade de descanso ao fato de, em 2018, ter feito duras preparações antes das três vezes em que entrou no octógono. Além de defender o cinturão dos meio-pesados (93 kg) no começo do ano, ele disputou o título dos pesados em julho, conquistando-o diante de Stipe Miocic, para depois defendê-lo em novembro. Assim, 'DC' destacou que o seu foco é o tratamento, e que só depois pensará em quem poderá desafiá-lo.

"Eu ferrei as minhas costas no UFC 230. Não me recuperei tão rápido quanto eu esperava. (...) Tenho que tirar um tempo. (...) Minha agenda estava muito pesada no ano passado. Três lutas, três camps de treinamento para lutas de cinco rounds, camps de treinamento muito pesados. (...) Foi um ano muito pesado, e eu preciso de algum tempo para me colocar em ordem. (...) Depois que eu me recuperar, posso começar a pensar no próximo (oponente), mas agora tenho apenas que lidar com essas lesões. Apenas melhorar", ressaltou.

Dentre as possibilidades especuladas para Cormier no futuro, estão fazer uma nova luta contra Stipe Miocic, enfrentar a estrela do telecatch Brock Lesnar, ou mesmo entrar no octógono pela terceira vez contra Jon Jones, já que não obteve sucesso nas duas primeiras. No entanto, o campeão dos pesados precisará se recuperar antes de buscar novas vitórias no cartel profissional, que, atualmente, conta com 22 triunfos, uma derrota e um 'no contest'.

Mais Esporte