PUBLICIDADE
Topo

Com um a menos, Santos empata e leva decisão na Sula para a volta

12/02/2019 21h16

Na estreia na Conmebol Sul-Americana, na noite desta terça-feira, o Santos visitou o River Plate, do Uruguai, e com um jogador a menos - Orinho foi expulso na metade do segundo tempo -, a equipe brasileira terminou o jogo no empate em 0 a 0. Os comandados do técnico Jorge Sampaoli fizeram uma boa partida no geral, Copete teve um gol anulado por impedimento, mas a decisão da classificação ficou mesmo para o encontro de volta.

Com o resultado, o Santos terá que vencer a partida de volta, no dia 26, na Vila Belmiro, para avançar à segunda fase da Sul-Americana. Caso neste jogo se repita o 0 a 0, a decisão da vaga será por meio de pênaltis. Empate com gols dará a classificação ao time uruguaio, pelo critério do gol fora de casa. Antes disto, já na segunda-feira, o Peixe volta a campo, diante do Guarani, pelo Campeonato Paulista.

NA BUSCA DO GOL

Mesmo com a partida sendo a estreia das equipes na competição, a busca do gol foi com ímpeto por ambas as equipes desde o minuto inicial. Donos da casa, o River Plate do Uruguai se jogou ao ataque mais rapidamente, com aos oito e dez minutos do primeiro tempo, Facundo Ospitaleche e Mauro Da Luz, respectivamente, levando perigo. O Santos respondeu aos 13 com Copete mandando para o gol, não marcando por Iván Silva ter salvo na linha. O panorama seguiu no decorrer do primeiro tempo, mas sem a efetividade esperada.

NÃO VALEU!

Logo na volta para o segundo tempo, o Santos teve um gol anulado pela arbitragem. Aos quatro minutos, Derlis recebeu, mandou na segunda trave e Copete, oportunista, estufou as redes - em posição de impedimento, difícil de ser assinalado. Quatro minutos mais tarde, o River Plate respondeu e teve a maior chance de gol na partida, com Mauro Da Luz acertando a trave esquerda do gol defendido por Vanderlei.

EXPULSÃO E DEIXA PARA O PRÓXIMO JOGO...

O Santos seguiu tentando o gol para voltar ao Brasil com a vantagem no jogo de volta, mas não conseguiu ter êxito. Aos 12 minutos, Gastón Olveira evitou o gol do Peixe de forma milagrosa. Derlis González arriscou de longe, o goleiro uruguaio defendeu, a bola sobrou para Sánchez, o arqueiro evitou o gol novamente, e na nova sobra, Pituca mandou para fora, desperdiçando a chance. No lance seguinte, aliás, Pituca teve outra chance e perdeu novamente. Aos 21, Orinho foi expulso, deixando o Santos com um a menos.

Depois da expulsão, até o fim o River pressionou, mas o 0 a 0 predominou e a decisão da vaga ficou para o próximo jogo.

FICHA TÉCNICA

RIVER PLATE-URU 0 X 0 SANTOS

Estádio: Luis Franzini, em Montevidéu (URU)

Data/hora: 12/2/2019 - 19h15 (de Brasília)

Árbitro: German Delfino (ARG)

Assistentes: Gabriel Chade (ARG) e Lucas Germanotta (ARG)

Renda/público: indisponíveis

Cartões amarelos: Leyes (RIV-URU) e Derlis González (SAN)

Cartão vermelho: Orinho 21'/2ºT (SAN)

RIVER PLATE-URU: Gastón Olveira, Claudio Herrera, Agustín Ale, Iván Silva e Luis Oliveira; Maximiliano Calzada, Sebastián Piriz, Mauro Da Luz e Facundo Ospitaleche; Mauro Da Luz e Juan Olivera (Leyes 29'/2ºT). Técnico: Jorge Giordano.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Felipe Aguilar e Orinho; Alison, Carlos Sánchez, Diego Pituca (Yuri 46'/2ºT) e Jean Mota (Matheus Ribeiro 27'/2ºT); Derlis González e Copete (Soteldo 14'/2ºT). Técnico: Jorge Sampaoli.

Esporte