Topo

A 'revolução Solari' do Real Madrid entra em campo na Champions contra o Ajax

12/02/2019 15h16

Amsterdã, 12 Fev 2019 (AFP) - Após um início de temporada decepcionante, o Real Madrid reencontrou o bom futebol com Santiago Solari como técnico, uma versão renovada dos merengues que entra em campo na Champions, nesta quarta-feira nas oitavas de final contra o Ajax, com objetivo de seguir rumo a um histórico quarto título europeu consecutivo.

- Isco, Bale e Marcelo, os prejudicados -Com Solari, no comando técnico da equipe desde final de outubro, vários jogadores-chave passaram a ter um papel secundário.

"A integração dos jovens faz parte de nosso trabalho", afirmou o argentino de 42 anos, que tomou as rédeas do Real Madrid ao substituir o demitido Julen Lopetegui. "É o que temos que fazer nesta temporada em uma equipe tão experiente, é delicado, mas precisamos fazê-lo", completou, ao falar da necessidade de dar oportunidades aos jovens.

No sábado, no clássico madrilenho contra o Atlético de Madrid (vitória por 3 a 1), Solari deixou no banco de reservas Marcelo e Gareth Bale. O galês aproveitou seus poucos minutos em campo no fim do jogo para marcar o terceiro gol, seu 100º com a camisa do Real.

Já Isco, com uma lesão nas costas, desfalcou o Real no clássico e o fará novamente na Holanda. O meia, protegido de Lopetegui tanto no clube merengue como na seleção espanhola, perdeu sua posição na equipe titular e chegou a se queixar disso em público.

Solari não quis entrar na polêmica. "Não é algo pessoal", declarou em meados de janeiro. Marcelo, que não atravessa bom momento, vem sofrendo críticas pelas falhas defensivas e voltou a penar na semana passada no clássico da Copa do Rei contra o Barcelona (1-1).

- Vinícius e Reguilón, sangue novo -Com alguns veteranos sendo relegados, os jovens aproveitaram as oportunidades que surgiram. Foi o caso de Vinícius Júnior, Sergio Reguilón, Dani Ceballos, Álvaro Odriozola e o uruguaio Fede Valverde.

Vinícius, promessa de apenas 18 anos revelado pelo Flamengo, se tornou a surpresas da temporada na Espanha e cresce de rendimento a cada jogo; dribla, corre e se entrosa com o companheiro de ataque Karim Benzema, artilheiro do Real Madrid (18 gols).

"Ninguém imaginava que eu poderia ser titular em seis meses, estou feliz", comemorou Vinícius. "Quando um garoto de 18 anos joga e se destaca desta maneira surpreende um pouco a todos", completou Solari.

A outra grande revelação do Real é Reguilón, de 22 anos, lateral-esquerdo com forte capacidade defensiva, uma característica que empurrou Marcelo para o banco de reservas em diversas partidas.

"É um exemplo para todos os jovens da categoria de base. Reguilón mostrou que é possível cavar seu espaço no elenco profissional", analisou o técnico argentino.

- De Jong lidera a nova geração do Ajax -Nono colocado no Campeonato Espanhol em final de outubro, agora na vice-liderança a seis pontos do Barcelona, o Real Madrid encontrou sua velocidade de cruzeiro nas últimas semanas. E os espectadores começam a sonhar com outro título na Champions, o quinto em seis anos, em uma edição da competição em que a final será disputada no estádio Metropolitano, casa do Atlético de Madrid.

A imprensa espanhola já compara a chegada de Solari a de Zinedine Zidane em 2016, quando o técnico francês conquistou no comando do Real a primeira de suas três 'Taças Orelhudas' seguidas na Champions.

Se o Ajax podia esfregar as mãos em dezembro diante da perspectiva de encarar um Real Madrid moribundo, o panorama do confronto deu uma reviravolta. O clube holandês terá agora que encarar um Real empolgado e que avançou às quartas de final em todas as edições da Champions desde 2011.

"O Real Madrid é favorito devido ao peso da história, além de nossa boa fase atual", reconheceu Solari.

O Ajax, quatro vezes campeão europeu, volta à elite continental carregado por uma geração talentosa, encabeçada por Frenkie De Jong, já vendido ao Barcelona, mas que também conta com os promissores Matthijs de Ligt e Donny van de Beek.

- Prováveis escalações:

Ajax: Onana - Mazraoui, de Ligt, Blind, Tagliafico - Schöne, de Jong, van de Beek - Ziyech, Dolberg, Tadic. T: Erik ten Hag

Real Madrid: Courtois - Carvajal, Varane, Ramos, Reguilón - Modric, Casemiro, Kroos (ou Ceballos) - Lucas Vázquez (ou Bale), Benzema, Vinícius. T: Santiago Solari (ARG)

Árbitro: Damir Skomina (SVN)

jed/pm/am

AFC AJAX

Mais Esporte