Topo

Mircea Lucescu rescinde contrato e não é mais técnico da seleção turca

11/02/2019 15h14

Istambul, 11 fev (EFE).- O romeno Mircea Lucescu não é mais o técnico da seleção da Turquia, conforme informou nesta segunda-feira a Federação do Futebol Turca em comunicado que confirma a rescisão do contrato.

"A Direção da Federação do Futebol Turco e o técnico da seleção nacional, Mircea Lucescu, se reuniram e chegaram a um acordo para anular o contrato", afirmou a entidade.

Após passagens por grandes times da europa como Inter de Milão, Galatasaray, Besiktas, Shakhtar Donetsk e Zenit, Lucescu se tornou técnico da seleção turca em agosto de 2017, sucedendo Fatih Terim, que teve de abandonar o cargo após protagonizar um ato de violência fora do âmbito de futebol.

Na nota divulgada, a federação agradeceu ao treinador romeno pela "atenção dada aos jogadores jovens para criar um time nacional do futuro" e o desejou "o melhor na sua futura carreira".

O comunicado inclui declarações do próprio Lucescu. O técnico diz "ter concluído os trabalhos com o objetivo de renovar e rejuvenescer a equipe da seleção".

"Tomamos esta decisão (de encerrar o contrato) de mútuo acordo para abrir caminho para um novo treinador antes das próximas Eliminatórias para a Eurocopa 2020", acrescentou Lucescu.

Segundo a emissora "NTV', o novo treinador da seleção turca será Senol Günes, que desde 2015 comanda o Besiktas. EFE

Mais Esporte