Topo

Marcelo diz que CR7 revelou saída antes de final e deixou "vazio" no Real

REUTERS/Amr Abdallah Dalsh
Cristiano Ronaldo comemora com Marcelo o título mundial do Real Madrid Imagem: REUTERS/Amr Abdallah Dalsh
do UOL

Do UOL, em São Paulo

11/02/2019 12h02

A parceria entre Marcelo e Cristiano Ronaldo no Real Madrid não ficou restrita aos gramados. Fora, os jogadores também tinham uma relação próxima. A afinidade era tanta que o brasileiro admite um "vazio" no vestiário do clube espanhol desde que o português foi para a Juventus.

Em entrevista ao Esporte Interativo, o lateral-esquerdo disse que Ronaldo revelou a saída antes da final da Uefa Champions League, que terminou com o título do Real sobre o Liverpool.

Leia também 
Ex-jogador do Real Madrid afasta comparação entre Vinícius Jr. e Robinho 
"Vinícius JR. mudou tudo no Real Madrid". Jornais destacam impacto do brasileiro
Cristiano Ronaldo marca, Juve bate Sassuolo e aumenta vantagem na liderança

"Eu chorei a noite toda (risos). Meu filho brincava com o filho dele. Minha esposa tinha uma relação legal com a dele. Não tem como ser só profissional com quem você joga há nove anos. É chato, não pelo time, mas por você estar convivendo todo dia e você não valoriza todo dia", lamentou.

Marcelo admite que as saídas de Cristiano Ronaldo e do goleiro Kiko Casilla, que foi para o Leeds, deixaram um vazio no vestiário.

"Quando chega no vestiário e não tem mais isso... que nem o Kiko Casilla, que foi embora agora também, para nós é muito chato. Ele tava do meu lado e agora não tem ninguém. Ficou um vazio. Agora do meu lado tá o Bale. Ele não fala, só fala inglês, aí eu tô ferrado. É só 'hi, hello e goodbye'", contou.

Outra saída que mexeu com o brasileiro foi a de Zinedine Zidane. O técnico decidiu deixar o Real Madrid após a conquista da terceira Champions League consecutiva. Marcelo lamentou a decisão e disse que "deu a vida" pelo francês.

"Foi estranho. Quando descobrimos. Na hora teve um comunicado e ninguém acreditou porque estava tudo certo, maravilhoso. Foi um choque. Tinha uma relação maravilhosa com ele. O Zidane falava comigo todos os dias, perguntava se eu estava bem, se precisava de algo. Para mim, profissional e pessoal foi muito grande o que eu vivi com ele. Ele me defendeu muito aqui dentro. Eu fazia de tudo por ele, corria, lutava, jogava machucado. Eu praticamente dei minha vida pelo Zizou (apelido do técnico", comentou.

Saída do Real? 

Marcelo também falou sobre os rumores de que ele vai acertar com a Juventus no fim da temporada e se juntar a Cristiano Ronaldo. ?????O brasileiro disse que não há qualquer negociação e "não sabe de onde" a imprensa tirou a ideia. 

"Não sei de onde eles estão tirando isso, eu queria saber. Não é normal. Eles fazem montagem de mim com a camisa. A juve é um time espetacular desde a época do Nedved, já troquei camisa com ele. Sou do Real Madrid, tenho contrato. O que está saindo eu não sei. Se tivesse algo, eu falava, mas não tem nada", afirmou. 

Mais Esporte