PUBLICIDADE
Topo

Veja os motivos para acompanhar o duelo entre São Paulo e Talleres

06/02/2019 17h57

Logo mais, o São Paulo volta a disputar sua competição favorita. Às 21h30 (horário de Brasília), o Tricolor mede forças com o Talleres, de Córdoba, na Argentina, pelo primeiro confronto eliminatório com os hermanos. O duelo de volta será disputado no dia 13 de fevereiro, no Morumbi.

Abaixo, o LANCE! cita os cinco principais motivos para você acompanhar o time do técnico André Jardine na estreia da principal competição da América do Sul.

O retorno

Tricampeão continental, o São Paulo volta a disputar a Copa Libertadores após um hiato de dois anos. O clube do Morumbi terminou o Brasileirão na quinta colocação, o Tricolor garantiu vaga na fase prévia da Copa Libertadores.

Para chegar na fase de grupos, a equipe precisa avançar diante do Talleres e depois enfrentar um mata-mata contra o vencedor do duelo entre Palestino, do Chile, e Independiente Medellín, da Colômbia. Caso vença, o Tricolor estará classificado para o Grupo A, ao lado de River Plate, Alianza Lima e Internacional.

Profeta em campo

Contratado para ser o grande jogador do São Paulo na temporada, Hernanes deve fazer seu primeiro jogo completo em seu retorno pelo Tricolor, embora ainda não tenha sido confirmado pela comissão técnica.

No último domingo, o Profeta atuou pouco mais de 70 minutos contra o São Bento, no Pacaembu, e mostrou estar com a pontaria calibrada ao marcar o gol da vitória são-paulina. Tem repeteco hoje?

Primeiro desafio do ano

O calendário 2019 reserva muita coisa para os são-paulinos. Além da Libertadores, o time disputa o Paulistão, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro. O jogo com o Talleres, no entanto, é o primeiro grande jogo do Tricolor nesta temporada.

Embora tenha jogado o clássico com o Santos, perdido por 2 a 0, em uma atuação desastrosa, o jogo na Argentina é o desafio de número um da delegação chefiada por André Jardine.

Clima de guerra

De acordo com as informações publicadas pelo Talleres, pouco mais de 30 mil ingressos foram vendidos e há a possibilidade de casa cheia no estádio Mario Kempes, em Córdoba, que possui capacidade para 50 mil espectadores.

Apenas 2 mil entradas foram reservadas aos são-paulinos. Ou seja, é clima de guerra para o Tricolor do Morumbi na estreia da Copa Libertadores.

Esporte