PUBLICIDADE
Topo

PSG precisa da prorrogação para despachar time da Terceira Divisão

06/02/2019 17h59

O pequeno Villefranche bem que tentou, dificultou as ações, mas não conseguiu avançar às quartas de final da Copa da França. No Parc Olympique Lyonnais, o PSG precisou da prorrogação para eliminar o time da Terceira Divisão por 3 a 0. Draxler, Diaby e Cavani marcaram os gols.

O técnico Thomas Tuchel poupou alguns de seus principais jogadores para o duelo contra o Villefranche. Cavani, Mbappé e Thiago Silva ficaram no banco. Daniel Alves nem foi relacionado. Neymar, lesionado, foi desfalque.

O PSG não fez um bom jogo, apesar de controlar a posse de bola. Sem inspiração e com pouco poder ofensivo, tinha dificuldade de entrar na área do Villefranche. Paredes, que fez sua estreia como titular, tentou alguns arremates de longe, sem sucesso.

Nas poucas vezes que atacava, o Villefranche levava certo perigo, na maioria das vezes em chutes de fora da área. Na melhor delas, Sergio mandou raspando a trave de Areola.

Na segunda etapa, Tuchel mandou a campo Mbappé e Cavani para tentar evitar a prorrogação. A equipe até foi mais incisiva no ataque, mas não aproveitou a superioridade técnica. Bernat quase marcou em chute cruzado. O uruguaio, por sua vez, quase abriu o placar em falta, mas o goleiro fez grande defesa. O time parisiense ainda pediu pênalti aos 47, quando Diaby chutou e a bola pegou no braço do zagueiro.

Na prorrogação, o PSG foi amplamente superior, colocando a bola no chão e tendo calma para fazer o primeiro. Em boa troca de passes, Marquinhos achou Cavani na área. O uruguaio tirou o zagueiro da jogada e cruzou para Draxler empurrar para o fundo da rede. Aliviadao, a equipe fez o segundo em grande contra-ataque. Mbappé apareceu livre e rolou para Diaby anotar o dele.

Em jogada parecida, Mbappé atacou novamente de garçom. Ele só rolou para Cavani decretar a classificação do PSG às quartas da Copa da França.

Esporte