PUBLICIDADE
Topo

Entre Messi e CR7, Schweinsteiger diz que Zidane o impressionou mais

06/02/2019 10h08

Participando da pré-temporada do Chicago Fire, o meia Bastian Schweinsteiger concedeu uma entrevista ao 'As' em que fez um balanço de sua vitoriosa carreira. O alemão falou qual jogador o impressionou mais dentro de campo, analisou as diferenças da Liga Americana (MLS) para a Europa, elencou grandes momentos da carreira e revelou se vai ou não se aposentar no fim da temporada. Confira os melhores trechos da entrevista.

CR7 ou Messi? Nenhum dos dois: Zidane

- Quando jogamos contra eles (Messi e CR7), no Barcelona e Real Madrid, ganhamos algumas e outras perdemos. Com a Alemanha também ganhamos a Argentina e, geralmente, o mesmo acontecia com Portugal... Ambos são grandes e jogador, é claro. A vez que mais fiquei impressionado foi quando joguei contra o Real Madrid, em 2003. Na segunda metade, Zidane marcou um gol aos cinco minutos. Me impressionou muito jogar contra ele. Me gostava a forma como se movia e controlava a bola - disse o alemão

Os maiores da Europa

- É difícil dizer. O Real Madrid é um clube gigante, ganhou a Champions nos últimos três anos e isso é incrível. Mas cada clube tem sua história. Por exemplo, a Juventus também tem uma grande história e vários clubes também. Na final da Champions sempre estão o Real Madrid, Bayern de Munique, Barcelona...

Melhor momento da carreira

- Obviamente quando ganhei o Mundial ou quando joguei no Bayern de Munique pela primeira vez. Sempre digo que, para mim, a motivação foi sempre fazer as pessoas felizes, os torcedores. Joguei futebol com o coração, com personalidade. Quando perdemos a final de 2012, contra o Chelsea (Champions) e logo ganhamos no ano seguinte, entendei que era algo muito importante para n[os. Passamos da decepção ao triplete. Foi enorme

As diferenças entre MLS e Europa

- A MLS tem muito menos história que o futebol da Europa: da La Liga, Bundesliga, Serie A, Premier League... São campeonatos que existem há anos. A MLS começou em 1996, é uma liga muito jovem, mas, provavelmente, fará história. É jovem e deve se desenvolver

Aposentadoria

- Farei como fiz nos últimos anos. Vou decidir na última parte da temporada, vou ver como me encontro, em todos os sentidos. Estamos no início e quero ver como tudo vai ocorrer, se vou ter ainda gana de jogar. Nesse momento vou decidir

Esporte