PUBLICIDADE
Topo

Veja o que mudou no Real Madrid desde a última derrota para o Barça

05/02/2019 13h30

A última partida entre Real Madrid e Barcelona não faz muito tempo. Foi no dia 28 de outubro de 2018. O resultado, porém, foi marcante: vitória categórica do Barça, por 5 a 1, com hat-trick de Suárez. Em um período de pouco mais de três meses, muita coisa mudou no clube merengue. Troca de técnico, novos jogadores, momentos bons e ruins.

Nesta quarta-feira, as equipes voltam a se encontrar. Em outubro, a partida foi pelo Campeonato Espanhol, agora, é pela semifinal da Copa do Rei. Com Santiago Solari no comando, o Real Madrid foi se recuperando da trágica passagem de Lopetegui e, apesar de não jogar um futebol incontestável, vive seu melhor mommento na temporada.

NOVO TÉCNICO

A derrota para o Barça, por 5 a 0, sacramentou a demissão de Julen Lopetegui. Em seu lugar, Solari deixou o Real Madrid B e assumiu o clube de forma interina. Os bons resultados logo de cara, fizeram com que o argentino fosse efetivado. Ao todo, são 23 partidas, com 18 vitórias, quatro derrotas e um empate, além de uma reformulação no elenco.

PROTAGONISMO PARA VJ

Vinícius Júnior sequer foi convocado por Lopetegui para a fatídica derrota para o Barcelona. Com o espanhol, o brasileiro não teve muitas oportunidades, o que rendeu críticas ao treinador. Com Solari, porém, Vinícius foi, paulatinamente, conquistando o seu espaço e, hoje em dia, é um dos principais destaques, apesar de não ser titular absoluto. É a principal força motriz do ataque, principalmente nos momentos ruins da equipe. São 25 jogos, com sete gols e 11 assistências, o líder do elenco no quesito.

OS JOVENS

Além de Vinícius Júnior, Solari apostou em outros jovens jogadores para reformular o elenco. Os casos mais emblemáticos são os de Reguilón, que é titular no lugar de Marcelo, Odriozola, que substituiu bem Carvjal. Ceballos virou um dos destaques do meio campo e, segundo o 'As', vai ser titular na quarta-feira. Llorente também ganhou espaço na equipe principal e disputa posição com Casemiro.

ISCO PERDE ESPAÇO

Nos 5 a 1, Isco era um dos titulares. Com Lopetegui, o espanhol era figura certa no onze inicial. Com Solari, o espanhol perdeu espaço e jogou apenas uma partida completa no Campeonato Espanhol. Praticamente encostado, é provável que Isco deixe o clube merengue na próxima janela, com Chelsea, Manchester City e Juventus bastante interessados no atleta.

BENZEMA CONFIANTE

No último jogo, Benzema já não vivia grande fase. Desde então, o francês viveu mais baixos que altos no elenco merengue. O momento, porém, é especial para o atacante. Benzema vive sua melhor fase na temporada e, nos últimos cinco jogos, marcou seis gols, sendo peça chave para as recentes vitórias. Confiante, já são 18 gols e seis assistências em 35 jogos. Bom para o Real Madrid.

O MUNDIAL

Mesmo com problemas na temporada, o Real Madrid não deixou de conquistar títulos. O clube, após o 5 a 1, conquistou seu sétimo Mundial de Clubes. Com uma campanha tranquila, venceu o Kashima Antlers na semifinal, por 3 a 1, com um hat-trick de Bale e goleou o Al Ain, na final, por 4 a 1, com gols de Sergio Ramos, Llorente, Modric e Nader (contra).

RECUPERAÇÃO NA LIGA

O retrospecto também é positivo. O 5 a 1 consolidou o Real Madrid na nona colocação do Espanhol, com 14 pontos em dez jogos, que incluíam quatro vitórias, três empates e quatro derrotas. Atualmente, os Merengues estão na terceira posição, ou seja, subiram seis colocações na tabela. Ao longo de mais 12 rodadas, foram nove vitórias e duas derrotas, com 23 gols marcados e 12 sofridos.

MELHOR NA COPA DO REI

A campanha do Real Madrid é superior a do Barcelona na Copa do Rei. Os Merengues venceram cinco jogos e tiveram uma derrota, além de 20 gols marcados, enquanto o Barça soma quatro vitórias, um empate e uma derrota, com 13 gols efetuados. Entre os destaques da campanha, a 4ª rodada, em que o Real bateu o Melilla, no placar agregado de 10 a 1 (4 a 0 na ida e 6 a 1 na volta).

*sob a supervisão de Leonardo Martins

Esporte