PUBLICIDADE
Topo

Sampaoli ressalta velocidade do Ituano e pede 'desculpas' pela derrota

03/02/2019 21h54

Foi irreconhecível a atuação do Santos diante do Ituano, neste domingo. Depois de sofrer a goleada por 5 a 1, em Itu, o treinador do Santos Jorge Sampaoli ressaltou que os contra-ataques, velocidade da equipe adversária e a pouca eficiência do Peixe foram os principais fatores para o placar ser dilatado. O argentino pediu desculpas à torcida santista.

- Às vezes a posse de bola não define o resultado do jogo. Sim, é preciso pedir desculpas à torcida. Tivemos dificuldades, mas temos que corrigir rapidamente. É preciso saber que temos um intervalo pequeno para se recompor taticamente. Tem muita coisa pela frente - disse o técnico.

- Acho que tivemos os melhor início da temporada durante os cinco minutos. O Ituano foi muito bom contra-ataques e não conseguimos segurar a velocidade deles. Mesmo com 78% de posse de bola - completou.

Em coletiva, o técnico foi perguntado sobre o retorno para um segundo tempo, depois de um placar de 4 a 1 do adversário. Segundo ele, a comissão técnica tentou tranquilizar os jogadores e para encarar os 45 minutos finais de igual para igual.

- A gente tentou dizer aos jogadores para não ficarem nervosos para conseguir minimizar, mesmo com uma diferença considerável no placar. Para tentarem assimilar

Mesmo com a derrota, o Santos segue na liderança do Grupo A, com 12 pontos. O próximo compromisso do Peixe no Paulistão é contra o Mirassol, no próximo domingo, no Pacaembu. Antes disso, o Peixe viaja a Teresina, para estrear na Copa do Brasil, contra o Altos-PI, na quarta-feira.

Esporte