PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Em seu último jogo na Taça GB, Botafogo atropela Boavista

03/02/2019 19h04

Bastaram 41 minutos para o Botafogo mostrar que não está à deriva no Campeonato Carioca. Ontem, o Glorioso conseguiu sua primeira vitória, ao atropelar por 3 a 0 o Boavista, no Elcyr Resende de Freitas.

Gustavo Ferrareis, Erik e Jonathan garantiram o triunfo do time misto alvinegro. O revés tirou as chances do Verdão de Saquarema ir à semifinal da Taça Guanabara.

Abrindo caminho...

Em dois minutos, o Glorioso sinalizou que estava em uma nova voltagem. Após rebote de Rafael para conclusão de Alex Santana, Jean serviu Gustavo Ferrareis, que estufou a rede.

Sonho mais distante...

Precisando dos três pontos para ainda sonhar com a vaga na semifinal da Taça Guanabara, o Boavista foi à frente. Dija Baiano bateu rente à trave de Gatito Fernández. Mas o time da casa tropeçava em seus erros e via o Glorioso ameaçar. Alex Santana chegou a balançar a rede, mas o gol foi anulado por falta em Rafael.

Avassalador!

Impetuoso, o Alvinegro não demorou a comprovar sua vantagem. Após lançamento de Carli, Kieza desviou de cabeça e encontrou Erik livre para balançar a rede aos 23. E, aos 41, Rodrigo Pimpão cruzou para Jonathan marcar o terceiro.

Um '9' altruísta

Kieza foi crucial para o Botafogo, mesmo sem deixar o seu. O camisa 9 iniciou a jogada do primeiro gol e deu passe para Erik fazer o segundo. O atacante lutou muito.

Carlos Alberto... e cartão!

Vendo que o Botafogo cadenciava a partida, o técnico Eduardo Allax promoveu a estreia da nova estrela do elenco do Verdão de Saquarema: Carlos Alberto. O camisa 19 logo recebeu cartão amarelo ao trombar com o goleiro Gatito Fernández, mas chegou a ameaçar em finalização.

Boas perspectivas?

Em seu adeus da Taça Guanabara, o Botafogo deixa para Zé Ricardo um leve alento. O ímpeto de Alex Santana e Rodrigo Pimpão, além de mais investidas pelas pontas, mostram que a equipe pode reagir já na Taça Rio. O placar de hoje ainda tira a pressão que assolava o ambiente alvinegro a poucos do duelo com o Defensia y Justicia, pela Copa Sul-Americana. Mas falta mostrar em campo.

Esporte