PUBLICIDADE
Topo

Valentim elogia setor defensivo do Vasco e boa atuação de Marrony

02/02/2019 21h45

Em jogo equilibrado, com boas chances para ambas as equipes, o Vasco foi superior e venceu o Fluminense, por 1 a 0, com gol de Yago Piakchu de pênalti, aos 25 minutos do primeiro tempo, no Mané Garrincha. Com o resultado, o Cruz-Maltino manteve os 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca e o primeiro lugar do Grupo B, na Taça Guanabara. o Tricolor perdeu a invencibilidade em 2019, mas está classificado, no 2º lugar.

Após a partida, o técnico Alberto Valentim falou em entrevista coletiva e elogiou a forte marcação no setor defensivo, que ajudou a garantir o resultado.

- O Fluminense hoje veio com a ideia de nos pressionar. Diferente dos últimos jogos e do ano passado, no primeiro tempo começamos marcando na intermediária e no segundo tempo, baixamos um pouco com os laterais e zagueiros na linha do meio de campo. Com isso, o adversário teve poucas chances claras de gol, que não vieram da bola parada. A marcação foi muito boa e o time esta de parabéns. Agora vamos descansar e recuperar para quarta-feira.

Valentim também gostou do desempenho de Maxi López, estreante da noite e do jovem Marrony, destaque nos contra-ataques.

- O Maxi precisa jogar para se condicionar. Ele vai ajudar muito. A qualidade técnica dele todos conhecem, então é um jogador que vai nos ajudar muito tecnicamente. Já o Marrony, é um garoto espetacular, que vem evoluindo muito. Dos garotos, é o que jogou mais e tem ganhado mais experiência. Ele joga em três funções na frente, tem uma boa bola aérea, qualidade tecnica e velocidade. O importante é que continue crescendo porque ele tem muito potencial - concluiu.

A partida marcou a estreia do atacante Maxi López no Vasco. O argentino entrou aos 21 minutos do segundo tempo e, mesmo ainda um pouco fora de ritmo, quase marcou um gol no último lance de jogo. Logo após o apito final, ele analisou os primeiros minutos em campo na temporada.

- Me senti bem. Nosso time acabou jogando um pouco recuado pela pressão do adversário no segundo tempo, mas foi importante entrar e me preparar para entrar desde o início. Também foi importante pontuar - disse Maxi, em entrevista ao canal Premiere.

Esporte