PUBLICIDADE
Topo

Felipão diz que Palmeiras pediu outro árbitro no Dérbi por processo judicial

02/02/2019 19h50

Luiz Felipe Scolari contou que o Palmeiras tentou evitar Luiz Flávio de Oliveira como árbitro do Dérbi, vencido pelo Corinthians neste sábado. Isto porque o treinador já foi processado por Paulo César de Oliveira, seu irmão e também ex-juiz. O comandante alviverde falou pouco sobre o caso, e promete ter uma conversa com Deyverson sobre a expulsão no fim da partida.

- Uma vez falei sobre arbitragem e fui processado, todos sabem por quem, a Federação sabe, tivemos uma reunião com a Federação semana passada para que, em virtude do processo, nós gostaríamos de não ter esta arbitragem, e a Federação o colocou. Ela vai dizer se a arbitragem foi boa ou ruim, tenho de me preocupar com as coisas que não fizemos corretamente - afirmou Felipão.

- Erramos demais os chutes, as cabeçadas finais e por isso perdemos. Tivemos um completo domínio, ou razoável domínio, mas não colocamos a bola em condição para o gol. A atuação do Deyverson vou conversar com ele, não sei se passa na TV o que houve. Se a arbitragem expulsou, está bom. Não vamos dizer nada. Ou é capaz de ter mais um processo - acrescentou.

O processo foi motivado também por um Dérbi, da semifinal do Paulista de 2011. Após o jogo, vencido pelo arquirrival nos pênaltis, Scolari disse que Paulo César entrou premeditado a prejudicar o Verdão. A ação correu por dois anos, e foi vencida por Felipão. Hoje comentarista, o ex-árbitro ainda teve de pagar R$ 3 mil pelos gastos do treinador com advogados.

A decisão de Luiz Flávio mais criticada pelos palmeirenses neste sábado, foi a expulsão de Deyverson. Depois de sofrer uma falta de Henrique, o atacante cuspiu em Richard, e por isso recebeu o cartão vermelho. O treinador disse não ter visto a jogada, mas que se constatar a atitude, terá aprovado o cartão.

- Se foi isso, foi bem expulso. Isso é o mínimo que o árbitro poderia fazer. Se foi isso tem que ser expulso não uma vez, mas três vezes. Tem que ter respeito. Mas vou ver e conversar com ele - completou.

Esporte