PUBLICIDADE
Topo

Guarani vence no Pacaembu e frustra reestreia oficial de Hernanes

31/01/2019 23h04

O Guarani, que já havia vencido o Corinthians neste Paulistão, bateu o São Paulo por 1 a 0, gol de William Matheus logo no primeiro minuto, e frustrou a reestreia oficial de Hernanes. O Profeta entrou aos 18 minutos do segundo tempo da partida no Pacaembu. O Bugre não vencia o São Paulo desde 1997. Eram 25 jogos de tabu.

Foi a segunda derrota seguida do Tricolor, que ouviu vaias dos pouco mais de 11 mil pagantes. O time recebe o São Bento no domingo e depois já enfrenta o Talleres no mata-mata da Libertadores.

Gol-relâmpago e chuveirinhos

O jogo mal havia começado e o Guarani já estava na frente: o lateral-esquerdo William Matheus, ex-Palmeiras, marcou de cabeça. A falha foi generalizada: Jucilei cedeu um escanteio que não precisava ceder, Liziero chegou muito atrasado na disputa pelo alto e Tiago Volpi não conseguiu segurar a bola.

A partir daí, só o que se viu foi o São Paulo tentando encontrar meios de furar a defesa do Bugre. Não dá para dizer que as chances não apareceram... Everton, Helinho e Diego Souza assustaram o goleiro Klever, Pablo teve um gol anulado por impedimento e Reinaldo acertou o travessão. Todas essas jogadas têm em comum o fato de terem sido originadas em bolas cruzadas para a área, exceto a de Reinaldo, que foi em uma falta frontal. O time ficava com a bola, tinha paciência para tocar, mas sentia falta de um meia que encontrasse opções diferentes do chuveirinho.

Coloca o Profeta, Jardine!

O São Paulo voltou do intervalo com os mesmos problemas e a torcida, óbvio, pediu a entrada de Hernanes. Primeiro aos sete minutos, quando os reservas iniciaram o aquecimento, e depois aos 17. Jardine atendeu e tirou Anderson Martins para a entrada do Profeta. Hudson virou zagueiro. Pouco depois, Nenê substituiu Helinho.

Hernanes apareceu na área, algo que nenhum outro meio-campista havia feito, e teve duas chances de marcar: Ferreira cortou a primeira e Klever defendeu a segunda.

Tricolor com dez

A missão do Profeta foi dificultada porque Liziero não aguentou jogar até o fim. Ele sofreu falta de Fernando Viana aos 32 minutos, pouco depois da terceira troca, e saiu. No primeiro tempo, Thiago Ribeiro (aquele) já havia machucado Jucilei, substituído por Hudson.

FICHA TÉCNICA

?

SÃO PAULO 0X1 GUARANI

?

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data-Hora: 31/1/2019 - 21h

Árbitro: Douglas Marques das Flores

Assistentes: Tatiane Sacilotti dos Santos e Gustavo Rodrigues de Oliveira

Público/renda: -

Cartões amarelos: Kléver, Felipe Amorim, Romisson e Ricardinho (GUA)

Cartões vermelhos: -

Gol: William Matheus (1'/1°T) (0-1)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins (Hernanes, aos 19'/2°T) e Reinaldo; Jucilei (Hudson, aos 27'/1°T), Liziero e Diego Souza; Helinho (Nenê, aos 27'/2°T), Pablo e Everton. Técnico: André Jardine

GUARANI: Kléver; Léo Príncipe, Ferreira, Diego Giaretta e William Matheus; Ricardinho, Romissom, Felipe Amorim e Lucas Crispim (Inácio, aos 34'/2ºT); Thiago Ribeiro (Fernando Viana, aos 29'/2ºT) e Diego Cardoso (Fernandes, aos 47'/2°T). Técnico: Osmar Loss

Esporte