PUBLICIDADE
Topo

Guarani encerra jejum de 22 anos sem vitórias sobre o São Paulo

31/01/2019 23h14

De um lado, Paulo Isidoro, Rubens Junior, Renato e Aílton, comandados pelo técnico Muricy Ramalho. Do outro, Axel, Marques, Aristizábal e Dodô, sob a batuta de Dario Pereyra. Foi assim, em 1997, que o Guarani venceu o São Paulo por 2 a 0 - gols de Gílson e Isidoro -, no Brinco de Ouro. Até esta quinta-feira, esta havia sido a última vitória do Bugre sobre o Tricolor. Era.

Com um gol de William Matheus, no Pacaembu, pela 4ª rodada do Paulistão, o time de Campinas finalmente voltou a trinfar sobre o São Paulo. Desde o jogo de 97, haviam sido 17 derrotas e 8 empates, com 53 gols sofridos e apenas 30 marcados.

Em seu retorno à elite do futebol paulista após cinco anos longe, o Guarani tem mostrado que voltou para ficar. Antes do time do Morumbi, a equipe já havia vencido também o Corinthians, por 2 a 1, na 2ª rodada do Estadual. Na ocasião, encerrou outro tabu: desde 2001, quando tinha em seu time nomes como Sangaletti, Fumagalli e Sinval, que não batia o Alvinegro - 3 a 0, pelo Brasileiro.

Qual será a próximo jejum quebrado pela equipe do técnico Osmar Loss?

Esporte