PUBLICIDADE
Topo

Keno fala sobre interesse do Cruzeiro e saída de brasileiros do Egito

Pelo Palmeiras, Keno atuou em 83 partidas e marcou 19 gols - Ale Cabral/AGIF
Pelo Palmeiras, Keno atuou em 83 partidas e marcou 19 gols Imagem: Ale Cabral/AGIF

30/01/2019 08h00

Keno chegou ao Pyramids na metade de 2018, e com ele, Carlos Eduardo, destaque do Goiás naquela altura, Rodriguinho, oriundo do Corinthians, Ribamar, hoje no Vasco, além do técnico Alberto Valentim, que vinha de bom trabalho no Botafogo. Apenas sete meses depois, devido à insegurança que ronda os investimentos no clube egípcio, o jogador ex-Palmeiras é o único remanescente da antiga 'colônia brasileira' no país.

Perguntado pelo LANCE! se a instabilidade nos bastidores tira o foco dos jogadores estrangeiros que chegam ao clube, em grande parte, convencidos por contratos milionários, o jogador minimiza:

"Eu posso falar por mim. Estou super tranquilo aqui e não tenho nada para reclamar. Muito pelo contrário. Estou bastante feliz e minha família também".

A crise começou a assombrar o Pyramids já em setembro do ano passado. Turki Al-Sheik, ministro egípcio do esporte e dono do clube, sob fortes críticas da comunidade futebolística do Egito, ameaçou retirar os investimentos que vinha colocando na equipe. Desde então, mesmo recém-chegadas, as estrelas brasileiras passaram a ser negociáveis.

O retorno de Carlos Eduardo e Rodriguinho ao Brasil ocorreu em meio a este ambiente conturbado. Keno lamentou a saída dos ex-companheiros ao dizer que "fariam falta a qualquer equipe do mundo", mas apontou o bom momento de seu time dentro de campo, apesar das dúvidas fora dele:

"Estamos em segundo lugar e brigando pelo título. Não perdemos há 11 partidas. Se analisar toda a temporada, jogamos 21 partidas e só perdemos uma. Estamos há 11 jogos invictos e isso significa que nossa equipe é bastante competitiva e forte".

O brasileiro parece mesmo viver uma lua de mel desde que chegou à cidade de Assiut. Ao LANCE!, o egípcio Mohammed Abelhafez, entusiasta do futebol de seu país natal, falou sobre o estrelato vivido pelo camisa 10 do Pyramids.

"Ele (Keno), rouba todos os olhares no Pyramids. Tudo é sobre ele e sobre o Brasil, seu país. Todas as notícias são sobre o quão bom ele é", disse.

Veja gol de Keno pelo Palmeiras contra o Sport

Gols UOL Esporte

Rodriguinho e interesse do Cruzeiro

O jogador ex-Palmeiras falou mais sobre Rodriguinho, que deve ser apresentado oficialmente no Cruzeiro nesta terça-feira. O atleta destacou que o meia desfrutava nos campos egípcios da mesma liberdade que tinha no Corinthians, e falou sobre a amizade desenvolvida com o antigo rival:

"Apesar do pouco tempo de convivência, o Rodriguinho se tornou um grande parceiro. Nos reuniamos quase todos os dias e foi muito bom poder conhecer ele melhor. Na época de Palmeiras e Corinthians rolava aquela rivalidade e não tínhamos muito contato, mas o conheci aqui no Egito e nos tornamos amigos".

Durante a negociação com o novo reforço, o vice-presidente do Cruzeiro, Itair Machado, revelou que consultou também a situação de Keno, na busca de um jogador de beirada para suprir a lacuna deixada por Arrascaeta (vendido ao Flamengo). O ex-palmeirense disse ter tomado conhecimento do interesse e se sentido lisonjeado.

"Isso aí eu deixo na mão do meu empresário. Claro que li bastante coisa e fico feliz em ter clubes grandes do Brasil interessados em mim, se for verdade. É sinal de que o trabalho que fiz, e sigo fazendo, está sendo reconhecido", declarou.

Esporte