PUBLICIDADE
Topo

PSG descarta operação em Neymar e opta por tratamento alternativo

30/01/2019 10h36

O PSG preferiu uma postura mais conservadora em relação o tratamento da lesão de Neymar. Segundo o jornal francês 'Le Parisien', o clube descartou a possibilidade de operar o pé direito do brasileiro e vai fazer um tratamento voltado na injeção de células tronco e plaquetas para reestruturar o quinto metatarso. O prazo de recuperação é de dez semanas.

Fora de 16 jogos

Neymar, porém, perderia o amistoso do Brasil contra a República Tcheca, que vai ser disputado no dia 26 de março, além de 12 jogos do Campeonato Francês, as oitavas de final da Liga dos Campeões e da Copa da França (as quartas e semifinais também, se o PSG se classificar).

Possibilidade na Champions

Caso cumpra essa previsão, Neymar estaria apto a entrar em campo pelas quartas de final da Liga dos Campeões, caso o PSG consiga eliminar o Manchester United nas oitavas de final.

Relembre o caso

A última grande lesão de Neymar foi no mesmo local, em 2018 e, na ocasião, o entorno do jogador tomou a frente e o brasileiro foi operado. Dessa vez, o PSG teve a "autonomia" na decisão e optou por um tratamento alternativo. Neymar na última quarta-feira (23/01), pela segunda fase da Copa da França. O PSG venceu o Strasbourg, por 2 a 0, com gols de Cavani e Di María.

Esporte