PUBLICIDADE
Topo

Para superar desconfiança, Brasil abre Hexagonal contra a Colômbia

28/01/2019 17h25

Depois de uma primeira fase bem abaixo do esperado, a Seleção Brasileira Sub-20 quer fazer um Hexagonal diferente. Nesta terça-feira, os jovens da Amarelinha encaram a Colômbia, às 18h30 (horário de Brasília), em Rancagua, no Chile. O grupo comandado por Carlos Amadeu busca as quatro vagas para o Mundial da Polônia.

Para relembrar, o Brasil venceu quatro jogos, empatou dois e perdeu um. Apesar do aproveitamento maior que 58%, as atuações dentro de campo pecaram e o rendimento ficou de desconfiança. O autor do gol da vitória sobre a Bolívia por 1 a 0, o atacante do Flamengo Lincoln reconheceu a a má atuação e afirma que time tem que ajustar os erros.

- A gente fez um jogo abaixo que podemos mostrar. Vamos comemorar essa classificação e ajustar o máximo possível para chegar bem no Hexagonal. Além disso, temos que parabenizar todas as equipes, mas temos que ter uma melhor rotação de bola para as chances de gols surgirem - disse.

O treinador Carlos Amadeu também reconhece o mau rendimento. Um dos problemas do time são as poucas chances de gols criadas. Os meio-campistas têm dificuldades em produzir e criar oportunidades para os atacantes balançar as redes, que acabam saindo da área para receber a bola.

- É um problema que tivemos desde o início. Evoluímos no sistema defensivo, conseguimos quebrar a primeira linha de marcação, mas não encaixamos na chegada da área. Conseguimos construir até o meio de campo, mas depois tivemos dificuldades. Fomos um pouco melhores no segundo jogo. No terceiro fizemos mais finalizações, mas hoje algumas vezes que chegamos não aproveitamos - afirmou.

A Seleção Brasileira Sub-20 entra em campo sabendo que precisa encher os olhos da torcida e do treinador. Para isso, o comprometimento e a qualidade dos brasileiros tem que aparecer nessas partidas para conquistar o principal objetivo na competição.

Após todas as equipes se enfrentarem, os quatro primeiros colocados na tabela garantem vaga no Mundial Sub-20 da Polônia, enquanto os três primeiros ainda carimbam o passaporte para os Jogos Panamericanos de Lima, no Peru. O caminho do Brasil até a última rodada terá, além da Colômbia, a Venezuela, Uruguai, Equador e Argentina, respectivamente.

Esporte