PUBLICIDADE
Topo

Jailson celebra volta e aprova rodízio: 'Todos nos sentimos importantes'

28/01/2019 20h06

Luiz Felipe Scolari havia decidido aumentar o rodízio entre seus goleiros e cumpriu o plano nestes três primeiros jogos da temporada. Depois de Weverton e Fernando Prass, foi a vez de Jailson começar jogando, domingo, contra o São Caetano. Após quase quatro meses sem atuar, o camisa 42 comemorou a oportunidade recebida no ABC paulista.

- Muito bom voltar a jogar, ajudar o Palmeiras a conquistar mais uma vitória na competição. Eu me senti muito bem. Estou bem preparado pra quando o professor optar por mim. Venho trabalhando forte durante os dias para quando chegar a oportunidade fazer o meu melhor. Então toda a equipe está de parabéns pelo jogo e pela vitória - afirmou.

- Foi uma partida complicada. O São Caetano ainda não tinha perdido, mostrou bom futebol nas primeiras partidas, mas conseguimos nos impor, fizemos aquilo que o Felipão pediu para nós em campo e fomos coroados com essa importante vitória - acrescentou.

Jailson não atuava desde 23 de setembro, na vitória por 1 a 0 sobre o Sport, na Ilha do Retiro. Ainda que ele e Prass tenham feito alguns jogos com Felipão em 2018, Weverton foi quem atuou na maior parte do tempo, enquanto os jogadores de linha rodavam com frequência. O técnico agora planeja seguir com o rodízio também para os goleiros.

- Nós jogadores estamos bem acostumados. Ano passado o Felipão com esse revezamento e isso faz com que todos nós nos sentimos importantes no grupo. Sem dúvidas isso traz motivação e confiança para todos os jogadores e comigo não é diferente. Então fico feliz em ter aproveitado a oportunidade - completou.

Esporte