PUBLICIDADE
Topo

De volta a Arena, Grêmio vence sem maiores problemas o Juventude

28/01/2019 21h58

Não foi a intensidade que o torcedor do Grêmio espera e já viu da equipe nos últimos anos, porém, nem precisou disso. Frente a um pouco criativo Juventude na Arena, o Tricolor fez o seu papel e ganhou por 3 a 0 em partida válida pela terceira rodada do Gauchão com dois gols de Jael e um de Maicon.

E frente a um público de pouco mais de 17 mil pessoas, o time de Porto Alegre promoveu a estreia do goleiro Júlio César, que teve pouco trabalho mediante as circunstâncias do embate, e também de Felipe Vizeu, entrando aos 29 minutos do segundo tempo e dando a assistência do terceiro tento gremista.

A 10 CAIU BEM?

Logo no início da partida, Marinho (vestindo a camisa 10 gremista) cobrou falta com bastante efeito para levar perigo a meta de Marcelo Carné e foi a principal válvula de escape na questão do plano ofensivo do Tricolor. Enquanto isso, o Ju tomava cuidado para não se expor, porém tampouco conseguia segurar a bola no seu ataque o suficiente para ameaçar a meta defendida por Júlio César.

CRUELDADE NA ARENA

O jogo estava em um ritmo mais morno do que em seu princípio, mas a atenção de Marinho e o oportunismo de Jael abriram a conta. ?Com 27 minutos, após roubada de bola do camisa 10 do Grêmio, Luan bateu para ótima defesa de Carné, mas, no rebote, "O Cruel" teve calma para dominar e encher o pé, estufando as redes do Alviverde de Caxias do Sul.

MELHOROU, MAS FOI POUCO

Apesar do Juventude passar a frequentar mais constantemente o campo de ataque e conseguir mostrar um pouco de sua capacidade, a melhoria teve mais cara de "tirada de pé" da equipe de Renato Portaluppi do que propriamente mérito do Papo. Com isso, o embate chegou ao intervalo com o time gremista sustentando a dianteira no marcador sem grandes sustos.

JAEL "ABUSADO"

Aos seis minutos do tempo complementar, o camisa 9 do Grêmio tentou um toque de calcanhar quando a zaga do Juventude cortou de maneira parcial cruzamento de Leonardo Gomes. Contudo, apesar da ousadia do atacante, Marcelo Carné conseguiu fazer a defesa de maneira segura.

A PRIMEIRA NO NOVO CLUBE

Foi somente aos 21 minutos que o time da Serra Gaúcha conseguiu ameaçar de alguma maneira o uniforme até então limpo de Júlio César. Depois de corte errado feito por Michel, o meia Moisés arriscou de fora da grande área para o arqueiro gremista cair e encaixar a bola.

ELE DE NOVO!

Estando novamente próximo ao desfecho do lance, Jael conseguiu se aproveitar de outro equívoco do sistema defensivo do Ju para aumentar o marcador. Everton se antecipou ao lateral Vidal, tocou para Maicon e o meio-campista cruzou rasteiro para a chegada precisa do atacante só complementar para as redes.

PRA FECHAR A CONTA

O Grêmio ainda teve tempo de, sobrando na partida, marcar o terceiro com a participação do estreante Felipe Vizeu. Após o belo passe de Jean Pyerre, Vizeu teve a visão perfeita do lance e tocou para Maicon, com Marcelo Carné quase que totalmente deslocado da jogada, fazer o terceiro do Tricolor.

Esporte