PUBLICIDADE
Topo

Peres explica demora por Ronaldo e torce por rescisão de Adriano na Turquia

Maurizio Lagana/Getty Images
Imagem: Maurizio Lagana/Getty Images

27/01/2019 23h15

O presidente José Carlos Peres falou rapidamente na zona mista do estádio do Pacaembu, em São Paulo, e deu detalhes sobre a transferência do volante Ronaldo do Flamengo para o Santos. O clube da Gávea já liberou o atleta para atuar pelo Peixe por uma temporada, mas ainda não houve acerto entre a diretoria alvinegra e o estafe do jogador de 22 anos.

Leia mais:

- Restam detalhes. É preciso fazer primeiro um contrato de transferência por empréstimo, com o Flamengo (este já certo), e outro para a opção de compra, para que haja acerto no fim do vínculo. Assim, por exemplo, o Dodô teria ficado conosco - disse Peres.

A ideia do Santos, portanto, é de se acertar com o estafe do jogador para uma eventual comprar no fim do período de empréstimo. Um contrato no qual já esteja claro, por exemplo, quais serão as bases salariais. No caso de Dodô, hoje jogador do Cruzeiro, o empréstimo junto a Sampdoria, da Itália, também tinha valor de compra fixado, mas não houve acerto com o estafe do atleta.

Enquanto o Santos trabalhar para, enfim, selar a contratação do volante, Peres também falou sobre o lateral-esquerdo Adriano, de 34 anos. O jogador tem contrato com o Besikitas, da Turquia, até o fim de junho deste ano e tenta rescindir seu contrato para, só então, conversar com o Santos. Peres quer o jogador, mas não mostrou otimismo.

- É uma situação parecida com a do Vagner Love [atacante que deixou o clube turco para fechar com o Corinthians]. Adriano está tentando a rescisão com o clube lá, enquanto ele não conseguir isso, fica difícil. É um ótimo nome - finalizou. Atualmente, o único lateral-esquerdo inscrito no Paulistão pelo Peixe é Orinho, titular nos três primeiros jogos.

Veja os gols da vitória sobre o São Paulo:

Esporte