PUBLICIDADE
Topo

Gustagol, amor! Atacante marca e Corinthians bate a Ponte na Arena

26/01/2019 21h01

Ele leva gol até no nome, mas na Arena Corinthians tinha ficado apenas no quase. Tinha. Após ter gol anulado na estreia do Campeonato Paulista contra o São Caetano, Gustagol, enfim, pode comemorar diante da Fiel e garantiu a primeira vitória do Timão no ano ao marcar contra a Ponte Preta neste sábado. Um gol de puro oportunismo, de quem retornou fazendo jus à alcunha de goleador. Foi o terceiro gol do centroavante em 2019 - fez contra Santos e Guarani.

A primeira vitória dá tranquilidade ao técnico Fábio Carille para seguir formando o time. E acabou com a invencibilidade da Ponte, que não sofria um gol há seis partidas. Melhor para a Fiel, que fez festa mesmo embaixo de chuva em Itaquera.

Temporal de erros

O Corinthians venceu, mas passou boa parte do jogo em desvantagem técnica. Muita dificuldade para criar. No primeiro tempo, com muitos jogadores considerados reservas, foi sofrível. A Ponte criou mais. Teve um gol anulado, de Thales, e Renan Fonseca acertou a trave. Forte mesmo, porém, foi a chuva torrencial. Para se ter ideia do temporal, aos 25 minutos de jogo a partida teve de ser paralisada. Não havia como os jogadores permanecerem em campo e até os torcedores procuraram abrigo em lugares cobertos. Voltou minutos depois, e segue o jogo. Mas todo mundo se molhou.

Carille tenta tudo

Ainda no fim do primeiro tempo, o técnico do Corinthians já tentava se mexer para conseguir a primeira vitória. Passou do 4-2-3-1 para o 4-1-4-1, na tentativa de criar mais. Funcionou mais ou menos. Na volta do intervalo, passou a lançar jogadores titulares. Primeiro foi Jadson, que deu muito mais qualidade. Depois Mauro Boselli, argentino que fez sua estreia pelo Timão. Ele não teve muitas chances, mas estava em campo quando a outra mudança contribuiu para a vitória do Timão. Fagner, que acabara de entrar, iniciou jogada com Pedrinho, que passou a Gusta... Gol! Festa da Fiel.

As dores de cabeça

Carille, porém, ainda tem muito trabalho pela frente. As duas laterais foram um tormento. Na direita, o improvisado Léo Santos irritou a torcida. O zagueiro tem jogado muito mal. Na esquerda, Danilo Avelar não fica atrás. A paciência da torcida com ele já acabou faz tempo. E se seguir atuando assim, a de Carille não tende a demorar.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 0 PONTE PRETA

Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)

Data-Hora: 26/1/2019 - 19h

Árbitro: Salim Fende Chavez (SP)

Auxiliares: Miguel Caetano Ribeiro da Costa e Evandro de Melo Lima (ambos de SP)

Público/renda: 25.865 pagantes/R$ 954,497,900

Cartões amarelos: Thiaguinho (COR), Nathan e Edson (PTE)

Cartões vermelhos: -

Gols: Gustagol (32'/2ºT) (1-0)

CORINTHIANS: Cássio; Léo Santos (Fagner, aos 24'/2ºT), Marllon, Pedro Henrique e Danilo Avelar; Thiaguinho e Araos (Jadson, aos 11'/2ºT); Pedrinho, Mateus Vital e Gustavo Mosquito (Boselli, aos 20'/2ºT); Gustagol. Técnico: Fábio Carille.

PONTE PRETA: Ivan; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; André Castro (Nathan, aos 17'/1ºT) e Edson; Matheus Vargas (Matheus Oliveira, aos 22'/2ºT), Gerson Magrão e Giovanni; Thalles (Hugo Cabral, aos 21'/2ºT). Técnico: Mazola Júnior.

Esporte