PUBLICIDADE
Topo

Renan Ribeiro brilha e Sporting avança para final da Taça da Liga

23/01/2019 20h05

A segunda semifinal da Taça da Liga de Portugal foi decidida apenas na disputa de pênaltis. Após um empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, o Sporting teve um melhor aproveitamento na marca da cal e venceu o Braga por 4 a 3. O duelo ficou marcado pelos seguidos erros nas finalizações de pênaltis, já que as quatro primeiras cobranças foram desperdiçadas, com destaque para Renan Ribeiro, que pegou três chutes.

O Braga iniciou a partida com força total. Logo no segundo minuto de partida, a equipe abriu o placar, quando, após uma rápida troca de passes no meio-campo, a bola sobrou para João Novais, que cruzou com precisão para o brasileiro Dyego Sousa, que se desmarcou dos zagueiros do Sporting e abriu o placar.

Após um início fora da curva, o Sporting melhorou na partida, mas encontrava dificuldade de criar chances reais de gol, esbarrando na defesa adversária. Apesar disso, os Leões conseguiram igualar o placar aos 37 minutos, quando Acuña cobrou um escanteio na direção de Coates, que cabeceou para o fundo das redes.

A etapa complementar também começou agitada, assim como acontecera nos primeiros 45 minutos, mas dessa vez por uma polêmica. Após uma falha de posicionamento da defesa do Sporting, Wilson Eduardo encontrou João Novais, que marcou o segundo gol do Braga. A cabine do VAR, porém, anulou o tento por uma suposta falta em cima de Marcos Acuña, o que gerou insatisfação na equipe treinada por Abel Ferreira.

Na disputa por pênaltis, os erros falaram mais alto que os acertos. As quatro primeiras cobranças foram desperdiçadas, com os goleiros Marafona e Renan Ribeiro pegando um chute cada. No decorrer da disputa, porém, brilhou a estrela do goleiro dos Leões, que defendeu mais uma finalização, garantindo o triunfo da equipe de Alvalade.

Com a vitória, o Sporting se garantiu na final da competição. No próximo sábado, os Leões vão enfrentar o Porto, em disputa válida por partida única, no Estádio Municipal de Braga, às 17h45 (de Brasília).

Esporte