PUBLICIDADE
Topo

Aguilar explica escolha pelo Santos: Sampaoli e experiência internacional

22/01/2019 12h57

Nesta terça-feira, o zagueiro colombiano Felipe Aguilar, de 26 anos, foi apresentado como segundo reforço do Santos para 2019 - o primeiro foi o venezuelano Yeferson Soteldo. O beque, vindo do Atlético Nacional, da Colômbia, deixou claro em sua primeira entrevista coletiva que chega para brigar por uma vaga de titular no Peixe. Sua contratação foi um pedido do técnico argentino Jorge Sampaoli, fator que pesou na escolha pelo Brasil, mesmo com propostas de México e Argentina.

- Antes de vir, eu tinha outras propostas, mas aceitei essa chance pelo que pode me dar o Santos como profissional, pelo que significa o Santos e pela competitividade da liga brasileira. As outras também são fortes, mas é daqui que saem os melhores jogadores do mundo. É um passo importante, que me enche de felicidade. Falei diretamente com Sampaoli e isso, é claro, me impulsionou a vir - disse o beque, e seguiu:

- Estou chegando agora, conhecendo meus companheiros. A ideia da comissão técnica do Santos é parecida com a que tive no Atlético Nacional, então vou pegar rápido os conceitos. Vou me sentir melhor com os treinos. Será uma competição saudável com os outros zagueiros, deixando todos no melhor nível possível.

Aguilar, apresentado pelo executivo de futebol Renato, usará a camisa 26 no Santos e terá a concorrência de Luiz Felipe, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Kaique Rocha como as principais opções para a zaga. Cleber Reis e Fabián Noguera retornaram de empréstimo, mas não estão nos planos de Sampaoli. O argentino, inclusive, deve rumar ao futebol espanhol.

- Espero construir uma história particular com o Santos, como foi no (Atlético) Nacional. Conseguir coisas importantes no clube. É um time de história, tradição, que merece brigar por campeonatos e títulos. Vou buscar esse objetivo. Estou muito feliz de estar no Santos. Fazia muito tempo que estava buscando uma oportunidade fora do país (Colômbia). Santos me apresentou um projeto interessante tanto pessoalmente, como de grupo - ponderou Aguilar.

Desejo pela seleção e características

A possibilidade de ter uma experiência internacional pode ajudar Felipe Aguilar em outro objetivo: voltar à seleção colombiana e se firmar. O beque falou sobre suas características e sobre o desejo de se destacar pela Colômbia. O jogador não esteve com o grupo na Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

- Aqui no Santos é uma nova chance, um novo estilo de futebol que pode me permitir buscar a seleção de novo. Santos vai me ajudar nisso. Na Colômbia, foram seis anos no Atlético, consegui títulos e conquistas importantes. Tenho experiência na seleção e esse será um passo importante. Sou um jogador que atua mais pela direita, mas também posso atuar pela esquerda. Bom passe, boa orientação e jogo aéreo, espero demonstrar essas características - finalizou.

Esporte