Topo

Após acerto verbal com Rodriguinho, Cruzeiro terá que desembolsar R$ 22 mi

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Pyramids quer recuperar valor da compra e pede US$6 milhões para liberar Rodriguinho Imagem: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
do UOL

Enrico Bruno, Ricardo Perrone e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte e em São Paulo

2019-01-12T04:00:00

12/01/2019 04h00

O Cruzeiro já está acertado verbalmente com o meia Rodriguinho. Resta, no entanto, um entendimento financeiro com o Pyramids para repatriar o jogador ao futebol brasileiro. Para isso acontecer, a diretoria mineira já descobriu quanto será necessário desembolsar visando uma liberação dos egípcios: seis milhões de dólares, ou pouco mais de R$ 22 milhões.

O Pyramids não inscreveu Rodriguinho na lista de jogadores para o campeonato local, mas isso não significa que irá liberar o jogador por um preço baixo. O clube estipulou exatamente os seis milhões de dólares que pagou ao Corinthians, no meio do ano passado, para vender seu atleta. Na atuação cotação, o valor chega a R$ 22,2 milhões. O Cruzeiro mantém as conversas para tentar acertar a forma de pagamento e o valor final da negociação. Além dos mineiros, ainda há outra equipe interessada em ficar com o brasileiro.

Entre o clube mineiro e o jogador, está tudo acertado. Rodriguinho tem vontade de voltar ao Brasil e gosta de Belo Horizonte, cidade que já morou nos tempos de América-MG. Se a negociação for concretizada, o jogador deverá assinar um vínculo de três anos com vencimentos salariais na casa dos R$ 700 mil.

Liberação do Corinthians

Além do Pyramids, o Cruzeiro também depende de um aval do Corinthians para fechar com o jogador. Na cláusula de venda para o exterior, ficou acertado que o clube paulista teria a preferência de igualar qualquer proposta e levar o atleta em caso de proposta do Brasil. Além disso, a equipe ainda terá direito a um percentual em caso de uma futura venda. Por isso, não está descartado que as equipes negociem parte ou a totalidade desta fatia com a transferência de algum atleta da Toca para o Parque São Jorge.

Reabastecido financeiramente depois de vender Arrascaeta, o Cruzeiro vai voltar para o mercado para fortalecer o seu time. O interesse por Rodriguinho passou pelo crivo de Mano Menezes, que trabalhou com o jogador nos tempos do Corinthians. Além do meia, a Raposa ainda deverá voltar sua carga em Bruno Henrique, hoje no Santos, mas também disputado pelo Flamengo. Fechando a lista de contratações, um lateral esquerdo não está descartado, e a diretoria acompanha a situação de Dodô, que pertence à Sampdoria, da Itália, e ainda não conseguiu acertar sua permanência na Vila Belmiro.

Mais Esporte