Topo

Com time misto e CR7 começando no banco, Juve domina Bologna e avança

Divulgação
Imagem: Divulgação
do UOL

Do UOL, em São Paulo

12/01/2019 19h40

A Juventus escalou um time misto neste sábado (12) e mesmo assim avançou às quartas de final da Copa da Itália com tranquilidade. Sem Cristiano Ronaldo e Dybala, que só entraram no segundo tempo, a equipe de Massimiliano Allegri dominou o Bologna e venceu por 2 a 0. Com gols de Bernardeschi e Kean, os atuais tetracampeões consecutivos do torneio agora esperam o vencedor de Atalante e Cagliari.

Cristiano Ronaldo foi acionado aos 17 minutos do segundo tempo, no lugar de Kean, autor do segundo gol, mas passou em branco com atuação apagada. Além dele e do argentino Dybala, mais quatro titulares foram poupados na vitória tranquila fora de casa.

Os melhores: Douglas Costa e Kean

A dupla de pontas titular da Juventus neste sábado foi o destaque do confronto. Principais responsáveis pela criação de jogadas, tanto Douglas Costa como Kean atormentaram os defensores rivais e foram os melhores. Kean ainda foi recompensado com um gol, após sobra de chute do próprio brasileiro.

Os piores: Ângelo e Calabresi

O desentendimento entre goleiro (Ângelo) e zagueiro (Calabresi) custou caro ao Bologna, já que Bernardeschi aproveitou a falha dupla e balançou as redes. Isto fez com que os mandantes ficassem perdidos no propósito de dar a bola a Juve e atacar no contra-ataque.

Que é isso, goleirão?

A Juve nem precisou de tanta paciência assim para abrir o placar. Após lançamento de Pjanic aos 8 minutos do primeiro tempo, o goleiro Ângelo se atrapalhou com Calabresi em lance fácil, dentro da área, e a bola sobrou limpa para Bernardeschi, que completou para o gol.

Kean praticamente "mata" o jogo

Douglas Costa recebeu passe em contra-ataque e, em velocidade, cortou para o meio e chutou. A bola, prensada por dois zagueiros, sobrou livre para Kean empurrar para o gol e ampliar. O tento, marcado logo aos 4 minutos da segunda etapa, esfriou a pressão que o Bologna tentava fazer e praticamente "matou" o jogo.

Domínio absoluto da Juventus

Pelo que viu no primeiro tempo da partida deste sábado, Allegri deve ter ido aos vestiários com a sensação de que fez a escolha certa ao poupar CR7 e Dybala de começarem o jogo. Isto porque seu time misto teve domínio absoluto até o intervalo: com 70% de posse de bola no período, os visitantes empurraram o Bologna e praticamente não sofreram sustos.

Na melhor oportunidade dos mandantes, Dijks recebeu passe nas costas de De Sciglio dentro da área, mas chutou para fora. Szczesny, que mal participava do jogo, até pulou na bola, só que não precisou fazer a defesa.

Ficha técnica

Bologna 0 x 2 Juventus

Local: Estádio Renato Dall'Ara, em Bologna (Itália)
Data/Hora: 12 de janeiro de 2019 (sábado), às 17h45 (de Brasília)
Competição: Copa da Itália
Árbitro: Federico La Penna
Assistentes: Christian Rossi e Lorenzo Gori
Cartões amarelos: Roberto Soriano (Bologna); Bernardeschi, De Sciglio e Emre Can (Juventus)

Gols: Bernardeschi, aos 8 minutos do primeiro tempo; Kean, aos 4 minutos da etapa final.

BOLOGNA: Ângelo; Calabresi, Danilo e Filip Helander; Federico Mattiello (Orsolini), Roberto Soriano, Erick Pulgar, Mattias Svanberg (Godfred Donsah)  e Mitchell Dijks; Mattia Destro (Palacio) e Nicola Sansone.
Técnico: Inzaghi.

JUVENTUS: Szczesny; De Sciglio, Bonucci, Chiellini e Spinazzola (Alex Sandro); Pjanic, Emre Can e Khedira; Douglas Costa (Dybala), Kean (Cristiano Ronaldo) e Bernardeschi.
Técnico: Massimiliano Allegri.

Mais Esporte