Topo

Jon Jones provoca Gustafsson ao comemorar antidoping negativo no UFC 232

Ag. Fight

11/01/2019 12h49

Jon Jones não perde uma oportunidade. A língua ferina do campeão dos meio-pesados (93 kg) reapareceu nessa quinta-feira (10), logo após vir à público a notícia de que não foi encontrado doping no exame pós-UFC 232 de 'Bones'. Por intermédio de seu Instagram (veja abaixo ou clique aqui), o atleta provocou Alexander Gustafsson, a quem nocauteou no último evento do Ultimate em 2018, e projetou seu próximo duelo, contra Anthony Smith, em março.

A presença do esteroide turinabol nos exames de Jones antes do UFC 232 fez o Ultimate mudar os planos do show. Como a Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC) se negou a conceder a licença para 'Bones' lutar em Las Vegas sem antes investigar os resultados laboratoriais, a organização levou o evento para a Califórnia, onde o ex-campeão já tinha autorização para entrar no octógono.

O esforço da empresa e o passado suspeito de Jones causaram críticas, sobretudo de Gustafsson, embora a USADA (agência antidoping americana) tenha assegurado que não se tratava de um novo doping, mas de uma quantia residual da substância, que havia sido encontrada no corpo de Jon em 2017. O sueco, por exemplo, ironizou a questão, afirmando que venceria 'Bones' mesmo que seu rival estivesse 'aditivado' com "combustível de avião". O algoz de Alexander não deixou a bola cair.

"Finalizei minha tão falada kriptonita antes dos rounds de cinturão. Não foi encontrado absolutamente nenhum combustível de avião na cena do crime. @alexthemauler (perfil de Alexander Gustafsson), só queria me certificar de que você viu isso. Parece que esta foi a única coisa em que você conseguia se concentrar na nossa última luta. Estou interessado em ouvir as desculpas das minhas próximas vítimas. Faltam só 51 dias. Você será uma testemunha?", escreveu Jones.

O campeão meio-pesado deve lutar no UFC 235, marcado para 2 de março, contra Anthony Smith. O evento também terá Tyron Woodley vs Kamaru Usman, pelo título meio-médio (77 kg), e a aguardada estreia de Ben Askren contra Robbie Lawler, na mesma categoria.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Mais Esporte