Topo

Contra Corinthians, Coritiba testa fator psicológico em jejum de 11 anos

Heuler Andrey/Getty Images
Imagem: Heuler Andrey/Getty Images
do UOL

Do UOL, em São Paulo

2014-10-29T14:16:55

29/10/2014 14h16

O Coritiba começou a semana com um reforço na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro: o psicólogo Maurício Pinto Marques, contratado para trabalhar com o time principal nessa reta final de segundo turno. O próximo teste vai exigir equilíbrio mental dos jogadores. No sábado, o time vai a São Paulo precisando vencer do Corinthians e quebrar jejum de 11 anos para não se complicar na Série A.

A última vez que o Coritiba derrotou o Corinthians como visitante foi em 2003. Desde então, os times jogaram seis vezes, sendo que o rival venceu as últimas cinco. Se o retrospecto não é suficiente para acender os alertas do Coritiba, basta notar que o time é um dos piores visitantes do Brasileiro: venceu apenas uma vez fora do Couto Pereira, contra o Grêmio, em julho.

É em situações como essa que entra o trabalho de Maurício Pinto Marques, já que o técnico da equipe, Marquinhos Santos, reclamou do desequilíbrio emocional do elenco em algumas situações nesta luta contra o rebaixamento. O Coritiba atualmente ocupa a 18ª colocação, com 33 pontos, apenas um abaixo do Vitória, primeiro time fora da zona da degola.

Para a partida em São Paulo, o Coritiba tem apenas um desfalque confirmado: o lateral direito Norberto, que recebeu o terceiro cartão amarelo no empate com o Grêmio e está suspenso. Dois jogadores disputam a vaga de substituto: Ivan e Rogério. A partida contra o Corinthians está marcada para as 21h (de Brasília) do sábado.

Mais Esporte