Topo

Parte do elenco não recebe salário, e Vasco decide cancelar treinamento

Expectativa para receber salários atrasados era grande entre os atletas do Vasco - Divulgação/Vasco
Expectativa para receber salários atrasados era grande entre os atletas do Vasco Imagem: Divulgação/Vasco
do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro

29/06/2013 10h43

O Vasco segue com problemas financeiros, que repercutiram no treinamento deste sábado. Alguns jogadores do elenco cruzmaltino não receberam salários atrasados do mês de abril, e o trabalho que seria comandado por Paulo Autuori na manhã deste sábado acabou cancelado. A decisão de não ir ao campo do Cefan foi tomada com o aval do treinador – ele foi comunicado sobre o caso e apoiou a definição do grupo de jogadores.

Na tarde de sexta-feira, o Vasco anunciou ter quitado a dívida referente ao mês de abril de jogadores e funcionários. A maioria dos atletas recebeu o dinheiro, mas outros ficaram sem o pagamento e uma outra parte teve um valor menor do que era prometido depositado em suas contas.

A expectativa entre os atletas para receber os salários era considerável desde a última terça-feira. A dívida foi o principal assunto abordado pelo elenco nas conversas antes e após os treinamentos. O técnico Paulo Autuori jogou pesado e salientou a importância do cumprimento do prazo durante a sua entrevista na manhã de sexta-feira.

Autuori elogiou o esforço da diretoria em obter as certidões negativas de débitos - documento emitido pela Receita Federal que comprova a não existência de dívidas com órgãos públicos. Por outro lado, o treinador do Vasco reafirmou que o mês de julho é o limite para a solução dos salários atrasados.

Questionado se poderia deixar o comando do Vasco caso a situação não seja solucionada conforme o esperado, Autuori respondeu. “O problema não é o "se". Não trabalho com isso e tampouco sou uma pessoa só de papo. O mais importante são as ações. Espero responder com ação e atitude caso aconteça. No momento certo e, se precisar, não vou falar, vou agir”, encerrou.

Com a obtenção das certidões negativas de débitos, a meta do clube é oficializar o contrato com três patrocinadores que podem render R$ 31 milhões.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte