Topo
Entretenimento

Chimpanzé de Michael Jackson recebeu herança e vive em santuário de luxo

Michael Jackson comprou chimpanzé Bubbles em 1986 e viajava e vestia o animal com roupas - Emerson Sam/Corbis Sygma
Michael Jackson comprou chimpanzé Bubbles em 1986 e viajava e vestia o animal com roupas Imagem: Emerson Sam/Corbis Sygma
do UOL

Colaboração para Splash, no Rio de Janeiro

25/06/2024 15h30

O chimpanzé de Michael Jackson, chamado de Bubbles, recebeu uma herança e vive em um santuário de luxo.

O que aconteceu

O animal ganhou o total de US$ 2 milhões (R$ 10,9 milhões). A quantia total foi aplicada em rendimentos para garantir uma mesada de aproxidamente R$ 11 mil por mês.

O chimpanzé tem 41 anos, número elevado para a espécie, e nasceu em um laboratório de pesquisas no Texas, nos EUA. O bicho foi comprado pelo rei do pop em 1986.

O animal tinha uma vida bem inusitada. Ele viajava com o cantor e era vestido com as roupas iguais as do artista. Além disso, ele dormia em um berço no quarto do rei do pop e usava até o mesmo banheiro dele em Neverland, famoso rancho de Michael na Califórnia.

Em 2003, Michael teve que tirar o chimpanzé de casa quando o animal ficou grande e agressivo. Michael sentiu medo de um possível ataque de Bubbles ao filho caçula Bigi. Assim, acabou levando o bicho para um santuário de animais. O cantor visitou o animal com os filhos algumas vezes e chegou a ter outros dois chimpanzés, Action e Max.

Atualmente, Bubbles mora em outro santuário, no Center for Great Apes (Centro para Grandes Primatas), na Flórida. Com mais de 80 quilos, o animal pinta, ouve música e chegou a ganhar uma festa de 40 anos. Como levou muitos anos longe de animais da sua espécie, ele teve dificuldade para se ambientar e socializar.

Entretenimento