Topo
Entretenimento

OPINIÃO

Animes da Primavera 2024: as surpresas e decepções da temporada

Animes "Kaiju No. 8" e "Astro Note" - Montagem: Divulgação/Production I.G/Telecom Animation Film
Animes "Kaiju No. 8" e "Astro Note" Imagem: Montagem: Divulgação/Production I.G/Telecom Animation Film
do UOL

Fábio Garcia

24/06/2024 12h00

Chegamos ao final de mais uma temporada de animes e é hora de fazer um balanço sobre as produções que surpreenderam e as que decepcionaram os fãs, mesmo que em algum pequeno aspecto. Confira os destaques escolhidos por Splash:

Surpresa: "Kaiju No. 8"

Kaiju No. 8 - Divulgação/Production I.G - Divulgação/Production I.G
Personagens do anime "Kaiju No. 8"
Imagem: Divulgação/Production I.G

Expectativa alta, mangá vendendo muito, animação da Production I.G, grandes nomes da música internacional cantando abertura e encerramento, transmissão simultânea ao vivo, dublagem em português saindo no mesmo dia do Japão... as apostas sobre "Kaiju No. 8" já eram altas, mas a surpresa é como o anime ficou muito competente e divertido.

Ainda que parte do público tenha se decepcionado com o clima pouco sério dessa história sobre limpador de monstros gigantes ganhando o poder de se transformar em um deles, a maioria dos espectadores conseguiu aproveitar o clima divertido e cheio de ação da série.

Inclusive Leonardo Santhos (o dublador do protagonista Kafka) já havia entregado em uma entrevista a Splash o que esperar dos personagens deste anime: "Eu falo que o Kafka é bobo, mas é todo mundo bobo".

Quer saber mais sobre "Kaiju No. 8"? Confira aqui.

Surpresa: "Wind Breaker"

Wind Breaker - Reprodução/CloverWorks - Reprodução/CloverWorks
Cena do anime "WIND BREAKER"
Imagem: Reprodução/CloverWorks

Às vezes você não quer história, não quer desenvolvimento, quer apenas uns personagens de design maneiro saindo na mão com qualquer coisa que se mova, e "Wind Breaker" entrega exatamente isso. O anime conta a história de Sakura, um adolescente que se matricula na escola Fuurin, conhecida pelo alto número de delinquentes.

A grande surpresa para o protagonista é descobrir que as pessoas da cidade amam os baderneiros, afinal eles formaram um grupo que protege a cidade. Agora Sakura vai entrar nesse grupo, desejando chegar ao topo com o poder dos seus punhos.

O que esse anime tem de raso ele tem de lindo. As cenas de luta são belíssimas, e os personagens são divertidos a ponto de você ignorar a falta de história. Não tem problema às vezes assistir a um anime que exige apenas 10% da sua atenção, veja "Wind Breaker" e divirta-se enquanto seu cérebro fica lisinho como um peito de frango.

Quer saber mais sobre "Wind Breaker"? Confira aqui.

Surpresa: "Astro Note"

Astro Note - Divulgação/Telecom Animation Film - Divulgação/Telecom Animation Film
Anime "Astro Note"
Imagem: Divulgação/Telecom Animation Film

Pouco se falou sobre "Astro Note" nessa temporada e isso é uma injustiça tremenda. Esse anime original segue uma linha de história parecida com clássicos de Rumiko Takahashi (de "Ranma 1/2" e "Urusei Yatsura") e merecia mais atenção dos fãs.

A série conta a história de um jovem que aceita (em troca de moradia) trabalhar como cozinheiro em uma pensão cheia de pessoas estranhas. Ele se apaixona perdidamente pela gerente, mas não faz ideia que ela é uma extraterrestre que caiu na Terra e tem uma missão secreta.

Um anime fofo, de animação charmosa e um humor único. A versão traduzida pela Crunchyroll ainda merece aplausos pelos divertidos trocadilhos que foram traduzidos com perfeição. Um anime para ver e guardar no coração.

Decepção: "Go! Go! Loser Ranger" e "Sand Land" ignorados pelo público

Loser Ranger - Divulgação/Yostar Pictures - Divulgação/Yostar Pictures
Personagens de "Go! Go! Loser Ranger!"
Imagem: Divulgação/Yostar Pictures

Não chega a ser uma surpresa o fato de animes que saem fora da Netflix ou Crunchyroll serem ignorados pelo público, mas não deixa de ser uma tristeza que animes bons como "Go! Go! Loser Ranger" e "Sand Land" tenham recebido esse tratamento dos fãs.

Chama a atenção porque essas duas séries são bem grandes: a primeira é uma sátira mais ácida do mundo dos Super Sentai/"Power Rangers", já a segunda é um dos últimos trabalhos de Akira Toriyama em vida (e agora conta até com dublagem!).

Resta ver se agora com a fusão do catálogo do Disney+ com o Star+ esses animes com lançamento simultâneo no mundo terão mais oportunidade de brilhar.

Quer saber mais sobre "Go! Go! Loser Ranger"? Confira aqui.

Decepção: "Missão: Família Yozakura" ignorado pelo streaming

Yozakura - Divulgação/SILVER LINK - Divulgação/SILVER LINK
Anime "Mission: Yozakura Family"
Imagem: Divulgação/SILVER LINK

Ainda parecido com o tópico anterior, mas diferente. "Missão: Família Yozakura" é baseado em um mangá da maior revista de quadrinhos do Japão, e mesmo assim tudo referente a esse anime foi eclipsado por outras produções.

Além de colocar em seu catálogo e não divulgar a produção nas redes sociais, o streaming ainda atrasou o lançamento da série em relação à exibição japonesa, o que afastou ainda mais o interesse dos possíveis fãs.

Não que "Missão: Família Yozakura" também seja um anime excepcional, longe disso, mas faz pouco sentido licenciar algo assim e esconder no próprio streaming.

Decepção: Animação de "A Condition Called Love"

Condition - Reprodução/East Fish Studio - Reprodução/East Fish Studio
Cena do anime "A Condition Called Love"
Imagem: Reprodução/East Fish Studio

Nem todo anime precisa ter excelentes "sakugas", termo usado para momentos extremamente bem elaborados e fluídos num anime. Muitas vezes o roteiro e a direção conseguem segurar a obra e passar a mensagem, mas não é o caso desta série aqui.

Como se não bastasse a abordagem sem ressalvas de um relacionamento um pouco tóxico, algo que já afastou pessoas que queriam um novo "A Sign of Affection", "A Condition Called Love" ainda apresentou uma animação bem ruinzinha.

Ou seja, quem sobreviveu ao lado possessivo do protagonista Hananoi precisou aguentar uma animação travada com direção pouco inspirada.

Quer saber mais sobre "A Condition Called Love"? Confira aqui.

Entretenimento