Topo
Entretenimento

Ana Maria detalha briga judicial contra Record por demissão sem justa causa

Ana Maria Braga processou Record após ser demitida sem justa causa - Reprodução/Globoplay
Ana Maria Braga processou Record após ser demitida sem justa causa Imagem: Reprodução/Globoplay
do UOL

Colaboração para Splash, em São Paulo

20/06/2024 20h04

Ana Maria Braga, 75, revelou que processou a Record e ganhou da emissora na justiça após ter sido dispensada sem justa causa.

O que aconteceu

Ana Maria recordou os anos que passou como contratada da Record e disse ter sido "muito feliz" na emissora, até ter sido mandada embora. Durante participação no podcast PodPah, a apresentadora explicou que a demissão foi motivada por uma cobrança feita por ela de algo que a emissora lhe devia.

Apresentadora explicou que recebia seu salário pontualmente, mas após realizar a cobrança, a relação entre ambas as partes desandou. "Eu fui muito feliz na Record, eles me pagavam bonitinho, cumpriram todas as coisas, como eu cumpria com eles, mas aí chegou uma hora que tinha lá uma pendenga e eu resolvi cobrar, fui falar com o responsável, acho que não era um bom dia da pessoa, eu também não estava em um bom dia, mas se é justo é justo.

Falei: 'olha, estamos com esse negócio e estou precisando'. Aí ele falou: 'não vai dar e se não estiver satisfeita a porta da rua é a serventia da casa'. Aí eu levantei e disse 'é o seguinte: a gente tem programa segunda-feira, eu vou embora e não volto mais, mas se o senhor quiser, eu fico a semana que vem para o senhor encontrar uma pessoa para colocar no meu lugar'. Aí ele falou 'não precisa'. Eu sai e fui no advogado, montei uma causa contra a Record que ganhei 10 anos depois, porque juridicamente não tinha justificativa [para a dispensa], não era plausível.

— Ana Maria Braga

Braga disse que no começo de seu programa na Record ela não tinha salário. Segundo contou, ela montou um contrato que estipulava que, a cada nova ação comercial, a atração ganhava 15 minutos a mais de tela, até chegar ao ponto de o programa durar seis horas no ar porque tinha 23 anunciantes.

Me contrataram, cheguei lá e falaram 'a gente não tem salário porque a gente está começando agora, mas tenho 2h pela manhã, se você quiser você pode produzir, lhe dou uma secretária, e vocês bolam o programa'. Falei 'eu topo' [...] Fiz um contrato muito bom, uma negociação de que se o programa virasse ouro eu ia ganhar muito, e eu sabia que iria virar ouro, e eles toparam tudo que eu falei.

Ana Maria Braga ficou na Record de 1993 a 1996. Na emissora, ela criou e lançou o programa Note e Anote. Posteriormente, ela foi para a Globo e desde então está no comando do Mais Você nas manhãs da emissora carioca.

Entretenimento