Topo
Entretenimento

Cheiro de carne podre e dura só 24h: 'flor-cadáver' desabrocha em Londres

A planta que está em Kew Gardens - Reprodução/Kew Gardens
A planta que está em Kew Gardens Imagem: Reprodução/Kew Gardens
do UOL

De Nossa

16/06/2024 17h29

Uma das plantas mais fedidas do planeta está prestes a florescer em Londres, na estufa da floresta tropical do jardim botânico Kew Gardens.

Conhecida como flor-cadáver (Amorphophallus titanum), ela tem cheiro de carne podre quando floresce. Esse odor é produzido para atrair insetos polinizadores carnívoros.

A planta, que pode chegar a três metros de altura, só cresce nas florestas tropicais do Sumatra, mas está ameaçada de extinção na natureza devido ao desmatamento e à degradação da terra.

Os jardins botânicos, então, desempenham um papel importante na conservação da espécie. No de Londres, há dois exemplares. Um já floresceu, no dia 4 de junho, mas outro está prestes a abrir.

De acordo com os funcionários do jardim botânico, o evento dura apenas de 24 a 36 horas e atrai milhares de visitantes na esperança de experimentar a vista magnífica e o fedor repugnante.

Algumas curiosidades da flor-cadáver, segundo o Kew Gardens:

Ela tem a maior inflorescência não ramificada (estrutura florida) do mundo, que pode atingir três metros de altura.

Quando a planta floresceu pela segunda vez no jardim botânico em 1926, atraiu uma multidão tão grande que a polícia foi chamada para controlá-la.

Quando em flor, a haste dela produz calor. Isso ajuda o cheiro a viajar e poder atrair polinizadores a até 800 metros de distância.

A inflorescência da flor-cadáver tem um interior vermelho escuro a roxo que se assemelha a um pedaço de carne e aumenta o fascínio pelos polinizadores carnívoros.

A planta só produz seu odor desagradável por uma única noite quando está em flor.

Entretenimento