PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Gil fala de parceria com Juliette e amizade com Fiuk: 'Queria o corpo dele'

do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/05/2021 07h33Atualizada em 04/05/2021 12h27

Gil do Vigor saiu do BBB, mas o BBB certamente não sairá dele. Reconhecido como um dos jogadores mais intensos do reality show, ele demonstrou conhecimento sobre o programa, fez e desfez alianças, foi a sete paredões, cantou Britney Spears e conquistou o país com sua espontaneidade.

Em entrevista divulgada pela Globo, ele falou sobre sua passagem pelo BBB 21 e comentou sobre a amizade com Juliette, que na enquete UOL aparece como favorita para levar o prêmio na noite desta terça (4). "A Ju é uma querida, uma pessoa sensacional de quem eu gosto muito. A gente teve, sim, nossas situações. Eu sou aquela pessoa que pensa uma coisa, surta, cria ideias. Desde o primeiro dia, eu disse isso, que desde criança eu crio coisas na minha cabeça".

A gente que vem de uma realidade mais dura, de muito preconceito, aprende a desconfiar das pessoas porque o tempo inteiro vê isso. Eu chegava em um lugar, olhava para o lado e via um olhar diferente. Talvez nem todos os momentos que eu percebi havia um preconceito contra mim, mas era a única coisa que eu conseguia enxergar.

"A minha vida por muito tempo era enxergar preconceito e maldade - aquilo me blindava. Quando eu entrei no 'BBB', a Ju era muito idêntica a mim e isso foi maravilhoso. Quando a gente se conectou, eu não conseguia ver nada de ruim nela, mas, em algum momento no jogo, eu comecei a ver muita coisa de muita gente", relembrou.

O doutorando em economia ainda observou que outros participantes o induziram a não acreditar tanto na paraibana. "Fiquei surpreso e comecei a desconfiar, sim, da casa toda. Eu comecei a ver que ela tinha muitas características do Nordeste e era algo que me tocava muito. As pessoas me falavam que ela poderia estar usando isso porque sabia que era meu ponto fraco".

"Aí eu já começava a criar coisas na minha cabeça e tudo mais. Eu não me isento do meu julgamento com a Ju, mas tem toda uma questão por trás. Graças a Deus eu consegui pedir desculpas, me resolver com ela e seguir o meu jogo. Espero que sejamos amigos aqui fora", desejou.

A respeito de Lucas Penteado, com quem protagonizou um beijo nas primeiras semanas do programa, o pernambucano declarou: "Eu queria muito revê-lo, mas ainda preciso saber direito tudo o que aconteceu. Assim que eu saí, ouvi algumas coisas que me chocaram. Eu não sei como vai ser, mas quero sentar e conversar com ele para entender. Fiquei bem surpreso com algumas coisas".

Por fim, ele relembrou a amizade e o "crush" em Fiuk. "É tudo muito intenso, muito louco. Agora eu quero a amizade dele; lá dentro eu queria o corpo dele nu", se divertiu. "Aí a gente confunde isso com paixão. Não vou mentir para o Brasil que a verdade é essa".

Entretenimento