PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Casa de Harry e Meghan já recebeu 9 visitas da polícia por invasão e alarme

Meghan Markle com vestido da Ralph & Russo durante o anúncio da gravidez - Reprodução/Instagram
Meghan Markle com vestido da Ralph & Russo durante o anúncio da gravidez Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/04/2021 12h47

A polícia da Califórnia, nos Estados Unidos, já foi acionada nove vezes para checar a segurança da mansão do príncipe Harry e da duquesa Meghan Markle.

O casal se mudou para o local em julho do ano passado. De acordo com a corporação, duas das ligações foram em decorrência de invasões na época do Natal e cinco por ativações do alarme de segurança.

Os dados divulgados foram obtidos de acordo com as leis de Liberdade de Informação dos Estados Unidos. Os policiais foram chamados quatro vezes em julho do ano passado, depois que Harry e Meghan se mudaram de Los Angeles - seu endereço temporário após deixarem o Canadá no início da pandemia de covid-19 - para Montecito, onde residem atualmente.

Às 16h13 da véspera de Natal, os policiais foram chamados à casa depois que um homem foi acusado de invasão de propriedade. Nickolas Brooks, de 37 anos, foi liberado pela corporação, mas foi preso novamente por aparecer na casa dos Sussex no dia seguinte.

Representantes de Harry e Meghan não quiseram se pronunciar sobre as ocorrências, bem como o porta-voz do Gabinete do Xerife do Condado de Santa Bárbara, que se recusou a fornecer mais detalhes sobre as ligações.

Na entrevista dada à Oprah Winfrey, Meghan revelou que enviou cartas à família real implorando para que não removessem seus oficiais de proteção pessoal, pois ela e o marido estavam sofrendo ameaças de morte.

A proteção policial 24 horas por dia do casal foi retirada depois que deixaram o cargo de membros da realeza, após uma reunião do órgão governamental que supervisiona a segurança.

Entretenimento