PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Miss perde coroa depois de postar vídeo em que aparece dançando

Lucy Maino em vídeo publicado no TikTok e foto postada no Instagram - Reprodução/Instagram
Lucy Maino em vídeo publicado no TikTok e foto postada no Instagram Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/04/2021 07h52Atualizada em 08/04/2021 10h42

A Miss Papua-Nova Guiné, Lucy Maino, de 25 anos, perdeu sua coroa após um vídeo em que ela aparecendo dançando publicado na sua conta pessoal no TikTok se popularizou na rede social. As informações são do jornal britânico The Independent.

Vencedora da edição 2019 do concurso, ela recebeu inúmeras críticas pela publicação por causa do estilo da dança escolhida por ela - o twerking, um tipo de rebolado sensual. Os movimentos foram considerados inapropriados para uma miss e modelo compartilhar.

Lucy Maino foi "liberada" de suas funções pelo comitê de Miss Pacific Islands Pageant PNG (MPIP PNG) através de uma "decisão amigável", de acordo com o The Independent.

"Nosso objetivo principal é o empoderamento das mulheres. Somos uma plataforma única de estilo concurso que promove o patrimônio cultural e os valores tradicionais, disse o comitê.

"O MPIP PNG promove as virtudes da confiança, autoestima, integridade e serviço comunitário com um foco paralelo na educação", acrescentou o comunicado.

Segundo o jornal The Guardian, uma ex-Miss Papua-Nova Guiné, que não quis ser identificada, disse que a situação demonstra que a misoginia está profundamente arraigada no país.

"Eu tenho certeza de que se uma figura pública masculina fizesse um vídeo no TikTok, todos nós estaríamos rindo ou até mesmo elogiando", desabafou ela ao jornal inglês.

Após a repercussão do caso pelo mundo, Lucy Maino vem recebendo apoio de seguidores e fãs que as críticas recebidas por ela e questionam os padrões de gênero no país.

Apesar de a ex-miss não ter se pronunciado, seu perfil no TikTok segue ativo, porém a conta é privada.

Entretenimento