PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Compadre Washington diz que já teve 4 carros de luxo na garagem: 'Pra quê?'

Compadre Washington  - Reprodução/Intagram
Compadre Washington Imagem: Reprodução/Intagram
do UOL

Colaboração para o UOL, em Fortaleza

08/04/2021 11h43

Parado durante a pandemia, Compadre Washington tem apostado nas plataformas digitais para continuar o contanto com os fãs. Pai de 10 filhos, o cantor, que hoje vive vida confortável mesmo com a agenda de shows parada, contou que o sucesso do "É o Tchan!" garantiu "pé de meia" para os herdeiros.

"Ganhamos muito dinheiro com o Tchan. Vendemos 16 milhões de CDs no Brasil três milhões fora... No mês, fazíamos 35 shows. Eu fiz pé de meia de todos os meus filhos. Todos os meus filhos têm casa, todos os meus irmãos também e a minha mãe, que agora Deus a tenha, foi a primeira a ter a dela", disse em entrevista à Quem.

Ele confessa, no entanto, que já ostentou durante um período na fama e relembra que chegou a ter 4 carros na garagem, duas Mercedes e duas BMWs. Hoje ele não tem mais carro próprio.

"Pra que ter quatro carros na garagem se só tenho dois braços? Um conselho que dou para todos os que estão começando, compre um carro só, básico e bom e invista em casas, terrenos e apartamentos. É isso que vai dar dinheiro e sustância. Hoje não tenho carro. Eu alugo quando quero ou ando de Uber. O carro dá muito prejuízo, já perde o valor quando sai da loja. Melhor uma casa confortável".

Em casa, morando sozinho, aproveita o tempo para aprender a tocar cavaquinho e fazer aulas de inglês. O artista também acompanha o "BBB 21" e contou que sua torcida é de Camilla de Lucas e Gil.

"Eu gosto de Juliette, mas a minha preferida mesmo é Camilla. Juliette já ganhou milhões de seguidores, ela vai ganhar muito dinheiro, fazer muitos comerciais... Torço pelo Gil também. Acho que vai chegar no segundo lugar, sair do Brasil e estudar fora com a bolsa de estudos, que era o sonho dele. A Camilla é uma pessoa sensata, que entra em todos os meios. Ela necessita ganhar porque tem menos seguidores".

Apesar de já ter participado de "A Fazenda", Compadre Washington diz que não toparia entrar no reality show global. "Eu me conheço e não ia aguentar levar desaforo. Sou daqueles que bateu, levou. Na Fazenda, o pessoal me chamava de dorminhoco porque eu dormia muito, mas eu fazia isso porque eu queria me isolar. Eu me conheço. Então para não entrar em confusão, me afasto. Tanto é que quando entrei na confusão, saí da Fazenda. Para evitar é melhor ficar em casa. Mas se o dinheiro valer a pena, quem sabe? Eu tenho dez filhos, cinco netos. Dá para ajudar a família".

Entretenimento